Amaral acredita que elenco do Náutico está blindado com relação a problemas extracampo

Nos últimos dias, os jogadores do Náutico estão tendo que lidar com muito mais do que trabalhos táticos e físicos. Afinal, as principais notícias do clube vieram no extracampo, com a renúncia do presidente Ivan Brondi e a entrada de uma nova diretoria. Mudanças que também atingiram o departamento de futebol. Porém, para o volante Amaral, o elenco está procurando se blindar desses assuntos. Na medida do possível.

“Sobre a questão política, a gente não se mete muito. Lamentamos pelo ex-presidente Ivan (Brondi), mas já tivemos uma conversa com Gustavo (Ventura), o novo presidente. Ele falou que vai continuar nos apoiando da mesma forma para o Náutico crescer cada vez mais. É muito difícil falar nessa hora. Temos que focar no nosso trabalho, no dia a dia, porque sabemos que temos que reverter essa situação. E temos como reverter”, destacou.
Para o meio-campista, a permanência de Diógenes Braga no departamento, agora no cargo de vice de futebol, também ajuda a dar uma maior tranquilidade para a continuidade dos treinamentos. E a esperança de que as outras mudanças no extracampo não vão atrapalhar. No dia da renúncia da antiga diretoria, os salários do mês de julho foram pagos aos atletas.
“O Diógenes está conosco há algum tempo. Vem conversando, nos ajudando e nos apoiando. É um cara transparente e está no dia a dia com a gente e nos passa confiança. Lógico que vamos conversando e colocando algumas situações para que a gente venha melhorando. O Náutico não é só os jogadores. É um conjunto com a diretoria e com a comissão técnica. Temos que ser como um só para tirar o clube dessa situação”, encerrou o volante.

Da Redação

Veja também

Judoca Araçatubense se classifica para os Jogos Escolares Brasileiros

DAVID PRATES – Araçatuba Com apenas 14 anos, a judoca multicampeã araçatubense Sofia Aranega Mazzilli …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *