Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Localizada na Avenida Filinto Muller, próximo ao Shopping Três Lagoas, a obra do escritório regional da MSGás tem área construída de 700 m², divididos em dois pavimentos, e vai abrigar, além de áreas administrativas, como sala de reuniões/treinamento e de atendimento a clientes, uma área equipada para atividades do Centro Operacional local, como a oficina para montagem e manutenção de equipamentos da rede de distribuição e um laboratório de calibração de instrumentos.

Para o Presidente da MSgásGÁS, Rui Pires dos Santos, a trajetória da empresa na cidade justifica o investimento na construção da sede própria. “A MSGÁS cresceu muitos nos últimos cinco anos, conquistando um número significativo de clientes em Três Lagoas. Os nossos maiores, e principais, clientes estão localizados em Três Lagoas, e vislumbramos para os próximos anos a captação de novos clientes”, comenta.

Com licitação vencida pela Plangeff Engenharia, empresa da cidade e que utilizou mão de obra local, a construção custou aproximadamente R$ 2 milhões e teve duração de 15 meses, sendo entregue três meses antes do prazo contratual.

 

Tecnologia e Sustentabilidade

A obra conta com diversas tecnologias que visam melhorar o ambiente de trabalho dos colaboradores e incentivar o uso sustentável de energia e abastecimento. A ideia é que o local seja um show room das tecnologias mais recentes e inovadores com gás natural.

Entre as principais inovações estão infraestrutura de distribuição interna de gás natural para equipamentos e aparelhos (fogão, chuveiros, aquecedor de passagem para chuveiros, churrasqueira), destacando os mais inovadores: sistema de ar condicionado a gás natural, com evaporadoras e aparelhos de ar condicionado em todos os ambientes (para a climatização do ambiente – o equipamento de ar condicionado é capaz de aquecer água ao mesmo tempo em que refrigera o ambiente);  geração de energia com gerador 100% a gás natural.  A obra possui um sistema de captação de água de reúso (água de chuva) para consumo não humano (uso em sanitários, jardim e processos) e o projeto arquitetônico da edificação também foi adaptado à mobilidade de pessoas com deficiências.

Além disso, a obra conta com SPDA (Sistema de Proteção de Descargas Atmosféricas: para-raios), CPD (data center com estrutura de TI que será a contingência de Campo Grande) e sistema de monitoramento com câmeras.

 

Inauguração

Diante da pandemia de coronavírus, a MSGás aguarda orientações do Governo do Estado e agenda do governador Reinaldo Azambuja para inauguração da obra.


Compartilhe esta notícia!