Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Desde o início desta semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio das equipes de Endemias e Controle de Vetores, setor da Diretoria de Vigilância em Saúde e Saneamento, vem intensificando ações de enfrentamento à proliferação do Aedes aegypti, mosquito vetor da dengue, chikungunya, zica vírus e febre amarela, nos Distritos de Arapuá e Garcias e em bairros urbanos, como Guanabara e Jupiá.

Como explicou o coordenador do setor de Endemias e Controle de Vetores, Alcides Divino Ferreira, estas ações de orientação às famílias, localização e retirada de focos criadouros do mosquito, como vasilhames, potes, tampinhas de garrafas, sacolas de plástico, latinhas e até pneus inservíveis, são feitas, periodicamente, de casa em casa, e intensificadas nesta semana, com o objetivo de conter o avanço dos casos notificados de Dengue.

“São verdadeiros mutirões de enfrentamento ao Aedes aegypti, realizados periodicamente pelas nossas equipes de agentes de combate às endemias e pelos agentes de endemias, contratados temporariamente para estas finalidades”, relatou Alcides.

Por exemplo, no Bairro Guanabara, “chegamos a recolher mais de 80 sacos de lixo (100 litros), cheios de resíduos e até 15 pneus. São pequenos e médios depósitos de água, propícios à proliferação de mosquitos”, observou.

As equipes estiveram em Arapuá, na quarta-feira (24) e quinta-feira (25), em Garcias e em seguida estarão também em Jupiá.


Compartilhe esta notícia!