Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Na manhã dessa terça-feira (26), aconteceu a 16ª sessão ordinária. Assim como nas últimas semanas, seguindo recomendações, normas e decretos para minimizar o contágio do Covid-19, a sessão foi realizada de forma remota, com os vereadores em suas casas ou gabinetes, reunidos por videoconferência. Na sessão, os parlamentares analisaram o relatório de uma comissão e quatro projetos de lei.

O relatório da comissão permanente de Saúde e Assistência Social para deliberar sobre as denúncias veiculadas na mídia a respeito dos vários óbitos de crianças recém-nascidas no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

O relatório da comissão formada pelos vereadores Apóstolo Ivanildo, presidente, Cristina, relatora, e Sirlene, membro, trouxe parecer favorável para a abertura de uma Comissão Investigativa (conhecida popularmente como CPI) para apuração dos fatos levantados pela comissão permanente. Assim, a mesa diretora está autorizada para criar uma CPI para apurar óbitos de recém-nascidos no HNSA.

A presidência da Câmara não se manifestou sobre criação de CPI para apurar mortes de recém-nascidos no hospital

 

OUTRA CPI

O presidente da CPI que vaio apurar denúncias de desvio de dinheiro no Hospital Auxiliadora, David Martinelli, disse que hoje será feita a primeira reunião para definir os próximos passos e como será desenvolvido o trabalho.


Compartilhe esta notícia!