Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

O que já era esperado durante o fim de semana se confirmou ontem. Municípios da região acompanharam Araçatuba e determinaram, nessa segunda-feira, uma série de suspensões em serviços públicos. Até chegar à decisão, as prefeituras das maiores cidades tiveram uma dia de intensa movimentação.
ANDRADINA
Para diminuir os riscos de propagação do coronavírus, a Prefeitura de Andradina preparou um plano de contingência. A medida foi anunciada pela prefeita Tamiko Inoue (PSDB) diante das equipes de governo e técnica da Secretaria de Saúde. Apesar de a cidade ainda não ter registrado casos de transmissão do coronavírus, o plano tem o objetivo de levar informações à comunidade e aos servidores. Por enquanto, Andradina monitora caso suspeito de uma mulher de 62 anos que chegou da Europa no último dia 10 e apresentou sintomas.
O plano de contingência poderá ser alterado conforme o avanço da doença. Autoridades da saúde local orientam às pessoas que apresentarem sintomas, como febre, tosse e coriza, devem procurar as unidades básicas e ou um consultório médico. Em casos de agravamento, principalmente desconforto respiratório, procurar a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) 24 horas ou o pronto de atendimento de convênio particular, com máscara e informando na recepção o estado gripal.
Dentre as medidas anunciadas ontem, estão a recomendação para que funcionários com mais de 60 anos, que formam o grupo de risco, fiquem longe do atendimento público. Outra medida foi a suspensão das férias do profissionais da saúde por seis meses para manter equipes completas nas unidades.
Na educação, o município adotará a recomendação do Estado. Nesta semana, as aulas serão facultativas para os pais que quiserem encaminhar seus filhos à escola. A partir do dia 23, semana que vem, as aulas estarão suspensas com exceção das creches que continuarão funcionando, mas com medidas internar para evitar a concentração de crianças em um mesmo ambiente.
BIRIGUI
Em Birigui, representantes da Prefeitura, do Sinbi (Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário de Birigui) e da Acib (Associação Comercial e Industrial de Birigui) estiveram reunidos para tratar do enfrentamento à Covid-19.
Para não prejudicar o trabalho da indústria e do comércio local, a Prefeitura optou por não suspender o atendimento das creches. “As aulas nas escolas serão suspensas por tempo indeterminado. Já as creches estarão abertas e será opcional para os pais levá-las ou não”, explicou o prefeito Cristiano Salmeirão (PTB). Na cidade, das 35 unidades de ensino mantidas pela Prefeitura, 18 são creches. Servidores das creches com mais de 59 anos não irão trabalhar para evitar contato com as crianças – os idosos formam o público mais vulnerável ao corona vírus. Nas 17 escolas municipais, as aulas serão suspensas por tempo indeterminado a partir de 23 de março, próxima segunda-feira.
A partir do dia 23 também serão suspensas as atividades das escolinhas esportivas da Prefeitura e aulas da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. O Centro Dia do Idoso e o Restaurante Popular deverão suspender suas atividades, assim como outros setores da Prefeitura. A suspensão será divulgada em breve.
Até o momento Birigui não registrou casos de coronavírus. Há, apenas, um caso suspeito da doença. A Secretaria de Saúde de Birigui aguarda o resultado do exame, que é feito pelo Instituto Adolfo Lutz.
PENÁPOLIS
Já em Penápolis, a reunião ocorrida na Prefeitura para tratar do coronavírus foi marcada pela formação do Gabinete de Gerenciamento de Crise – Coronavírus. Com a medida, o objetivo é determinar, semanalmente, ações preventivas ao Covid-19. O prefeito Célio de Oliveira (sem partido) destacou que este é um momento de cuidado e de prevenção. “Não podemos criar um pânico generalizado. Precisamos que todos se informem e sigam as orientações preventivas. Só assim conseguiremos passar por esta fase de maior evolução dos casos”, declarou.
Ainda ontem, o poder público municipal publicou o Decreto 6.395, que prevê a adoção de medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio, bem como recomendações ao setor privado.
A partir de hoje, estão suspensas temporariamente as aulas nas escolas de 1º a 5º ano do ensino fundamental, de forma gradativa. Já nas unidades de ensino infantil, as creches e pré-escolas, a presença será facultativa para os alunos matriculados. Todas as unidades básicas de saúde funcionam normalmente. Eventos estão suspensos e as inaugurações previstas para os próximos dias, adiadas.

O 14º Fórum de Saneamento e Meio Ambiente marcado para o dia 26 de março também foi adiado e será realizado em data posterior. O mesmo decreto determina que não haverá expedição de alvarás de licença e funcionamento para festas e eventos com aglomeração de pessoas.
Todos os eventos e cursos das secretarias de Esportes e de Cultura e Turismo estão suspensos. As duas bibliotecas municipais interrompem o atendimento a partir desta terça-feira por tempo indeterminado, assim como o Museu Histórico, Museu de São Francisco e Museu de Folclore, Teatro Municipal e Casa da Cultura.
GUARARAPES
Já em Guararapes, a Prefeitura informou que, na próxima semana, de 16 a 20 de março, estará seguindo orientações do Estado sobre o coronavírus. As aulas na rede municipal de ensino serão facultativas até as próximas informações oficiais, incluindo as aulas de ballet, jazz, flauta, violão, fanfarra, judô, futsal, futebol, ginástica rítmica e natação. As aulas da Eja (Educação de Jovens e Adultos), dos cursos profissionalizantes da escola de bordados, hidroginástica, vôlei adaptado, ginástica e coral serão suspensas, como uma medida de precaução aos idosos, por ser o grupo de maior vulnerabilidade a contaminação. Guararapes não possui nenhum caso registrado.

 

Três Lagoas avança na prevenção

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio do decreto 046, de 16 de março de 2020, criou o Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus – COVID-19, que tem como objetivo tratar sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública.
Apesar das medidas de prevenção adotadas pelo Município de Três Lagoas, as aulas na Rede Municipal de Ensino serão mantidas normalmente de acordo com o calendário escolar até ordem contrária.
Para o enfrentamento da emergência de saúde pública são adotadas, de imediato, sem prejuízo de outras que vierem a ser propostas pelo Comitê, a suspensão de todas as viagens dos agentes políticos e servidores municipais a serviço do Município de Três Lagoas e de suas autarquias, exceto nos casos relevantes, autorizado exclusivamente pelo Prefeito Municipal mediante prévia justificativa do Secretário responsável.
O decreto esclarece ainda que todo servidor municipal tem a obrigação de comunicar à sua chefia imediata qualquer viagem turística para os locais de risco, definidos pelo Ministério da Saúde, Secretaria do Estado da Saúde ou Organização Mundial da Saúde, e, quando do retorno, se apresentar no Departamento de Medicina do Trabalho para avaliação.
Ficam suspensas ainda as autorizações e emissão de alvarás, para realização de eventos públicos ou privados, de grande aglomeração de pessoas, assim considerados os que ultrapassarem 100 pessoas, bem como o cancelamento daqueles já emitidos até a presente data.
O Balneário Público Municipal “Miguel Jorge Tabox”, o Ginásio de Esportes “Cacilda Acre Rocha”, o Ginásio Poliesportivo Professor “Eduardo Milanez”, o Estádio Municipal “Benedito Soares da Mota” e Estádio da ADEN, permanecerão fechados ao público nesse período.

 

Municípios cancelam festas de aniversário

Por precaução, as prefeituras de Nova Independência e Itapura, na região, cancelaram os festejos de comemoração dos seus aniversários.

Em Nova Independência, para comemorar os 55 anos da cidade, seria realizado no próximo domingo desfile cívico, com a inclusão de shows e outras atividades.
Já em Itapura, a Prefeitura cancelou toda a programação festiva de seus 55 anos, também marcada para domingo. Assim como em Nova Independência, seriam realizados show e desfile cívico.


Compartilhe esta notícia!