Home Cidades Equipes do CCZ realizam busca ativa e bloqueio da Leishmaniose na região do Jardim Oiti

Equipes do CCZ realizam busca ativa e bloqueio da Leishmaniose na região do Jardim Oiti

4 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio de equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), setor da Diretoria de Vigilância em Saúde e Saneamento, realizou mutirão, de casa em casa, para bloqueio do avanço da Leishmaniose canina, no Jardim Oiti e adjacências.
A ação foi realizada por três equipes do CCZ, com a participação de estudantes universitários do curso de Medicina Veterinária na quarta-feira (11).
“Foram visitadas todas as casas, nas quadras 22 e 23 do Jardim Oiti, realizando verdadeira busca ativa de cães doentes ou com suspeita de leishmaniose”, explicou o coordenador do CCZ, médico veterinário Everton Ottoni.
Com o consentimento do dono ou dona dos cães, foram também coletadas amostras de sangue para exames laboratoriais. O resultado desses exames será comunicado ao dono do animal logo que concluído para que sejam adotadas as medidas cabíveis.
“Essas ações seguem os procedimentos estabelecidos pelo Ministério da Saúde para conter o avanço dos números de casos positivos de Leishmaniose em cães”, explicou Everton Ottoni.
Junto com os procedimentos de investigação da saúde canina, as equipes do CCZ também aproveitaram a oportunidade para orientar os moradores sobre posse responsável de animais de estimação, cuidados de limpeza dos quintais para evitar a proliferação de mosquitos transmissores de doenças e também sobre prevenção e cuidados com animais peçonhentos.
“Nas visitas domiciliares, sempre conversamos com os moradores sobre a importância de cuidar da saúde dos animaizinhos de estimação, assim como da obrigação que todos devem ter de manter seus quintais e terrenos sempre limpos”, ressaltou a Agente de Endemias e técnica do CCZ, Maria de Lima Soares.
“Para prevenir leishmaniose e dengue, assim como a infestação de animais peçonhentos, como escorpiões, principal prevenção é manter casas e quintais sempre limpos, evitando o acúmulo de lixo, entulhos de construção, madeiras e, principalmente, material orgânico (frutas, fezes de animais e folhas de árvores) em decomposição”, completou o coordenador do CCZ

 


Compartilhe esta notícia!