Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

A “Operação Porco Solto” da Secretaria Municipal de Meio Ambiente conseguiu identificar e multar o proprietário de uma empresa de Três Lagoas por descartar irregularmente material contaminante em via pública, comprometendo a natureza.

Durante fiscalização nos locais com maior incidência de denúncias, a equipe de fiscais ambientais encontrou 18 tambores de 20 litros, contendo graxa vencida, despejados na “mata” do bairro Chácara Imperial. Alguns tambores estavam abertos, deixando o material derramado no solo.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Agronegócio, Toniel Fernandes, foram dois dias para identificar o autor do descarte. “Como não houve flagrante ficou difícil, de imediato, descobrir quem jogou os tambores no local, porém, após uma análise no material, identificamos um detalhe que nos fez chegar ao proprietário, que foi notificado a recolher o material e autuado pelo crime ambiental”, explicou.

Pela quantidade e tipo do resíduo, a multa aplicada foi no valor de R$ 5 mil. Toniel reforça que a Operação continua e a fiscalização não para. “Nossas equipes estão de plantão diariamente, percorrendo Três Lagoas para preservar o nosso meio ambiente e coibir atitudes irresponsáveis de pessoas que insistem em cometer esses despejos”, completa.

A Semea pede que a população seja parceira das ações e denuncie sempre que identificar algum “porco solto” jogando lixos e resíduos em vias públicas ou terrenos. O telefone para denúncia é: (67) 3929-1249 ou da Ouvidoria Geral (67) 3929-1488 ou pelo endereço eletrônico http://www.treslagoas.ms.gov.br/ouvidoriageral/

 


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Cidades

Veja também

Empresa da construção civil vai contratar castilhenses

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – CASTILHO Uma construtora que recentemente inst…