Home Cidades Guerreiro anuncia empenho de R$ 28 milhões para obras de recuperação da BR 262

Guerreiro anuncia empenho de R$ 28 milhões para obras de recuperação da BR 262

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

“Boas notícias chegando a todo instante. Graças a Deus. Mais uma informação que vem de Brasília confirmando que o Governo Federal já empenhou recursos no valor de mais de R$ 28 milhões para continuar as obras de recuperação da BR-262. Mais um impulso para esta obra que vem se arrastando há muito tempo. Obrigado à senadora Simone pelo empenho”. Esta foi a postagem feita pelo prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro sobre o empenho da verba. Isso vai permitir ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) continuação nas obras da BR 262 entre Três Lagoas e Água Clara.

Em dezembro, quando passou vários dias em Três Lagoas, a senadora Simone Tebet concedeu entrevista ao SRC, quando falou sobre a emenda apresentada. Sobre as obras de recuperação e modernização da BR 262, a senadora disse que autorizou a destinação de emenda de R$ 22 milhões para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para investimento no local. Segundo ela, inicialmente apresentou emenda de R$ 28 milhões e que foi reduzida para R$ 22 milhões para construção do contorno rodoviário. No entanto, devido à complexidade do processo, poderia demorar. “O próprio ministério alertou que poderíamos perder o dinheiro. O governador, prefeitos e a Bancada falaram para repassar o dinheiro para o Dnit. Porém, o dinheiro vai para o caixa do Dnit e há o compromisso de que quando o dinheiro entrar no caixa, será destinado à BR 262”, afirmou a senadora. Agora, os R$ 28 milhões foram empenhados. Com a liberação, que terá atuação da senadora Simonete Tebet, a obra poderá ser retomada.

Em dezembro do ano passado, surgiu a possibilidade de retomar o processo de concessão da rodovia diante da instalação de novas indústrias em Água Clara e Ribas do Rio Parto. Caso seja efetivada a instalação da fábrica de celulose em Ribas do Rio Pardo, pode ser retomada a proposta de concessão da rodovia à iniciativa privada para duplicação. A proposta chegou a ser ventilada em 2017, mas não avançou porque não teve empresa interessada devido ao baixo fluxo de veículos na rodovia.

“A proposta é a concessão por meio de Parceria Público Privada, com a empresa fazendo a duplicação e cobrando pedágio”, disse. “Não vai colocar dinheiro, que está faltando para a educação, para a saúde e a segurança pública em asfalto. Ou seja, a iniciativa privada cuida do asfalto e o poder público cuida daquilo que é mais importante para o cidadão, que são os serviços públicos, como saúde, segurança e educação”, acrescentou a senadora em dezembro.

Para Simone Tebet, são duas possibilidades para a BR 262, a continuação das obras de recuperação e modernização ou a concessão. “Isso vai ficar mais claro a partir de março. Vamos ver qual o melhor caminho”, garantiu.

A7 Três Lagoas


Compartilhe esta notícia!