Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Incentivar a formação profissional técnica e promover o desenvolvimento de habilidades profissionais de jovens com foco nos setores produtivos das regiões onde vivem, estão entre os objetivos da educação profissional integrada ao ensino médio oferecida pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Educação (SED) em 17 cidades e 37 escolas da Rede Estadual de Ensino (REE). Três Lagoas tem escola profissionalizante.

A proposta integra a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e possibilita que o estudante receba tanto a base nacional comum, quanto os componentes curriculares da parte profissionalizante. Na conclusão do ensino médio integrado, o estudante recebe o diploma de técnico na área profissional cursada e o histórico escolar, podendo seguir direto para o mercado de trabalho e também para o ensino superior, se desejar.

A escolha deve ser feita no ato da matrícula na REE que até o dia 31 de janeiro possui dez cursos com pré-matrículas abertas: administração, serviços jurídicos, recursos humanos, informática para internet, programação de jogos digitais, agropecuária, agronegócio, produção de moda, mecatrônica, e meio ambiente.

Além de Três Lagoas, a educação profissional integrada está presente em Campo Grande, Amambai, Camapuã, Corumbá, Ponta Porã, Dourados, Ivinhema, Maracajú, Naviraí, Nova Andradina, São Gabriel do Oeste, Anastácio, Aquidauana, Bela Vista, Iguatemi e Paranaíba, conforme o gerente da coordenadoria de políticas para ensino médio e educação profissional, Pedro Augusto Cardoso Evangelista. “Em 2020 serão mais de 120 turmas, algo em torno de 4.200 vagas”.

 

CURSOS

Em Três Lagoas são oferecidos os seguintes cursos na Escola Estadual Bom Jesus: agente de desenvolvimento socioambiental, assistente de recursos humanos, agente de recrutamento e seleção e agente de qualificação e desenvolvimento de pessoas.

 

 

 


Compartilhe esta notícia!