Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

A praticamente dez dias do encerramento do prazo para cadastramento biométrico em 26 cidades da região, 117.922 eleitores ainda precisam fazer o registro nos cartórios eleitorais. Quem não fizer a biometria não poderá votar na eleição municipal do próximo ano.
Conforme a Justiça Eleitoral, esses eleitores têm até 19 de dezembro para se cadastrarem. De acordo com a última parcial do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), divulgada ontem de manhã, de 536.172 pessoas aptas a votar nesses municípios, 418.250 já estão com o cadastro realizado, o equivalente a 78% do total.
Apesar desse percentural, em municípios mais populosos, a situação é mais preocupante.
Araçatuba está, no momento, com 76,11% do seu eleitorado cadastrado. De 149.058 eleitores, 113.447 estão com a biometria garantida. Assim, como maior colégio eleitoral da região, em outros cinco municípios, a adesão ainda não chegou a 80% dos eleitores: Andradina (74,48%), Birigui (78,13%), Clementina (77,98%), Lins (75,66%), Mirandópolis (75,46%) e Penápolis (70,04%).
Cidade com a menor adesão, em Penápolis, 14.047 eleitores ainda precisam fazer a biometria.
Em compensação, em alguns municípios com percentuais elevados, casos de Braúna, Suzanápolis e Sud Mennucci, grandes são as chances de a totalidade do eleitoral já está com o cadastro. Nessas três cidades, hoje, os índices estão em 88,67%, 90,71% e 90,75%, respectivamente.
PRAZO ENCERRADO
O prazo para a adesão em Buritama, Lourdes, Promissão e Turiúba se encerrou em 31 de outubro; em Ilha Solteira e Itapura, terminou no último dia 29. De todas estas cidades, o percentual de “eleitores biométricos” só chegou a 90% em Ilha Solteira. Dessa forma, aqueles que não realizaram o cadastro dentro do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral estão sujeitos ao cancelamento do título e, assim, não poderão participar do processo para a escolha de prefeitos e vereadores em 2020.
No ciclo da biometria obrigatória 2017/2018, 92 municípios concluíram o procedimento, totalizando 107 cidades que completaram o cadastramento obrigatório no Estado de São Paulo. Da região, foram os seguintes municípios: Auriflama, Bilac, Rubiácea, Nova Castilho, Nova Independência, Nova Luzitânia, São João de Iracema, Gabriel Monteiro, Gastão Vidigal, General Salgado, Guararapes, Guzolândia e Piacatu.
OBRIGATORIEDADE
Até a eleição do ano passado, a biometria era facultativa. No próximo pleito, o eleitor que não tiver cadastro biométrico não poderá votar. O prazo para se adequar à regra começou no início de fevereiro. No Estado, Araçatuba está na lista de 478 cidades – um universo de 11,5 milhões de eleitores – em que a biometria será obrigatória a partir de 2020. Outras 31 cidades da região fazem parte da relação, totalizando, juntas, 596,8 mil pessoas aptas a votar.
Entre os prejuízos causados pelo cancelamento do título de eleitor estão a proibição à obtenção de empréstimos bancários, a inscrições em concursos públicos, emissão de passaporte e a CPF, entre outras restrições. Só não haverá cancelamento caso seja determinada a prorrogação de prazo.

 

BALANÇO

Confira quantos eleitores já fizeram o cadastro biométrico em municípios da região de Araçatuba:

A6 INFO.jpg


Compartilhe esta notícia!