Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS
Não há projeto de lei referente a aumento de salário ou do número de vereadores tramitando na Câmara Municipal de Três Lagoas. O assunto foi esclarecido pelo diretor geral da Casa de Leis, André Ribeiro Bacalá, nesta terça-feira (1), durante sessão ordinária. A pedido do presidente da Câmara, vereador André Bittencourt, o diretor geral, utilizou a Tribuna da Câmara, logo, no início da sessão, para falar da divulgação feita nas redes sociais, de que havia projetos de lei prevendo aumento de subsídio dos vereadores e do número de cadeiras, na Casa de Leis.
“Fomos pegos de surpresa, ontem, com esta notícia. E, inclusive ficamos admirados com a divulgação dessa informação falsa, até mesmo via carro de som, nas ruas da cidade”, frisou Bacalá.
Ele aproveitou a oportunidade para lembrar que qualquer uma das propostas exige previsão orçamentária e análise de impacto financeiro para os próximos cinco anos, como prevê a legislação vigente.
Outras informações destacadas pelo diretor é que aumentando ou diminuindo o número de vereadores o duodécimo continuará sendo o mesmo, o custo para o município, não muda.
Bacalá ainda lembrou que até no Congresso foi criada uma CPI, para investigar fake news e aproveitou para informar que os representantes do Legislativo já tomaram providências com relação aos fatos. Será feito um Boletim de Ocorrência, para que se investigue quem fez a divulgação errada da tramitação dos projetos.
“Temos que dar um basta e quem divulgou terá que se responsabilizado”, ressaltou.
O presidente da Câmara, André Bittencourt, afirmou que é preciso deixar claro para a população, a verdade. E, quem fez a divulgação errada deve ser responsabilizado.
Bittencourt também já divulgou em entrevistas, que quer ouvir a população sobre a questão e deverá realizar, inclusive, uma Audiência Pública.

 


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Cidades

Veja também

Governo de São Paulo lança plano hospitalar para enfrentar novo coronavírus

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – SÃO PAULO O governador João Doria, o secretári…