CidadesTrês Lagoas

TRE alerta que 25.600 pessoas podem ter restrição no CPF devido à biometria

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE/MS) de Três Lagoas, em parceria com os poderes legislativo e executivo, realizou na manhã desta quarta-feira (25) na Câmara Municipal, Audiência Pública para discutir sobre o cadastramento biométrico de eleitores do município.
Entre as autoridades presentes estavam os juízes da 9ª e 51ª Zonas Eleitorais, Dra. Aline Beatriz de Oliveira Lacerda e Dr. Rodrigo Pedrini Marcos; o vice Paulo Salomão representando o prefeito Angelo Guerreiro e o secretário de Administração, Gilmar Tabone e o presidente da Câmara, André Bittencourt.
A reunião teve como objetivo sensibilizar e mobilizar eleitores, classe política e demais segmentos da sociedade três-lagoense acerca da importância em se realizar o cadastramento biométrico eleitoral.

CONSEQUÊNCIAS
Ao falar durante a audiência pública, a juíza Aline alertou sobre os principais problemas em ter o título cancelado como o empecilho de emitir passaporte, realizar matrícula em instituições de ensino público, contrair empréstimos em bancos oficiais, tomar posse em cargos públicos, receber salário em caso de ser servidor público, restrições no CPF e exercer o papel de cidadão por meio do voto.
“Eu quero chamar a atenção da classe política que essas pessoas que não se cadastrarem não serão eleitores nas próximas eleições. Meu apelo é que vocês nos ajudem a mostrar para essas pessoas que ainda não realizaram o cadastramento biométrico a importância de elas comparecerem ao Cartório Eleitoral para deixar seu título em dia”, disse.
Segundo o juiz doutor Rodrigo Pedrini, além de reduzir a quantidade de fraldes, a Biometria serve para fortalecer o frágil sistema documental do Brasil. “A justiça eleitoral tem o objetivo de depurar o cadastro não só dos eleitores, mas de todos os cidadãos brasileiros trabalhando para diminuir as fraldes que ainda existem. Lembrando também que o TSE possui o projeto de instituição do Documento Nacional de Identificação, a famosa Identidade Digital que unificará diversos documentos em um só em formato eletrônico incorporado ao smartphone”, disse.
O secretário de Administração, Gilmar Tabone, ressaltou a importância de unir os poderes para conscientizar a população sobre a importância de estar em dia com a justiça eleitoral. “O principal foco dessa audiência é conscientizar a população sobre o poder que ela tem nas mãos exercendo seu papel como eleitores. A partir do momento que o prazo vence não terá mais negociação enfatizou”, enfatizou.

ESTRUTURA
Com uma estrutura de aproximadamente 25 cabines, o Cartório Eleitoral de Três Lagoas vem atendendo uma média de 600 pessoas por dia. Segundo o juiz Rodrigo Pedrini, que apresentou um balanço do TRE, ainda faltam 25.600 pessoas para se cadastrarem. Atualmente, Três Lagoas possui 81.738 eleitores, dos quais apenas 61,92% já estão com seus títulos regularizados.
PRAZO
O prazo limite para realizar o cadastramento biométrico é 8 de outubro. O cartório está funcionado das 8h às 18h de segunda a sexta-feira e atendendo também sábado (5), das 8h às 14h.

Comment here