Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Na sessão desta terça-feira (24), foi aprovado pelos vereadores da Câmara de Três Lagoas, o Projeto de lei nº 74 de 03 de maio de 2019, de autoria do vereador André Bittencourt, que diz : “fica vedada a nomeação para cargos públicos em comissão e em função gratificada de pessoas que tenham sido condenadas pela lei federal nº 11.340 (Lei Maria da Penha), no âmbito de Três Lagoas – MS”
O projeto que teve o parecer favorável do Departamento Jurídico da Casa de Leis, foi aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação, e foi recomendada sua tramitação, ou seja, agora será enviado ao Executivo para que possa ser sancionado.
O vereador André Bittencourt destaca a importância deste projeto, tendo em vista que se ele for sancionado, ou seja, virar lei, será uma forma de represar a violência contra a mulher. O projeto prevê que a vedação inicia com a condenação transitada em julgado, até o comprovado cumprimento da pena, isso significa que todas aquelas pessoas que tiveram processos na Lei Maria da Penha e que já tiveram sentença transitada em julgado, não poderão assumir cargos públicos no Executivo e no Legislativo do município.
“A violência contra a mulher tem ocorrido de forma crescente em nosso município, esse projeto que é exclusivamente para a defesa da mulher, tentará ao máximo coibir e extinguir qualquer tipo de violência de gênero” explica o vereador que finaliza pedindo uma atenção especial do Executivo sobre esse projeto e também, pede a toda população mais respeito às mulheres.


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Cidades

Veja também

Governo de São Paulo lança plano hospitalar para enfrentar novo coronavírus

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – SÃO PAULO O governador João Doria, o secretári…