CidadesTrês Lagoas

Guerreiro visita Hospital Auxiliadora e conversa com pacientes

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

O prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, atendendo ao convite do médico cirurgião ortopedista, Ibsen Arsioli Pinho, esteve visitando o Hospital Auxiliadora, na manhã desta segunda-feira (23), quando encontrou a paciente Dulce da Silva Freitas (72), que foi submetida a cirurgia eletiva de prótese no joelho esquerdo. Há oito anos, a paciente aguardava por esta cirurgia.
O prefeito Angelo Guerreiro foi recebido pelo ortopedista; pela diretora geral do Hospital Auxiliadora, Irmã Aurélia Brioschi; médico Francisco Claro (diretor técnico), Marco Antônio Calderon de Moura (diretor administrativo) e a enfermeira Sibeli Cordioli (gerente de enfermagem).
“Convidamos o prefeito para esta visita à nossa paciente Dulce, pela importância que esta e outras cirurgias eletivas de próteses ortopédicas representam para a melhoria da qualidade de vida dos nossos pacientes, já que a maioria deles tem como única solução para voltar a andar o procedimento cirúrgico”, comentou Ibsen Pinho.
Já na recepção do Hospital, por coincidência, o prefeito conversou também com a paciente Nair Benedita Valério (78), que, há mais de um ano havia se submetido a cirurgia de prótese ortopédica no fêmur esquerdo e estava no Hospital para os preparativos da segunda cirurgia eletiva de prótese, agora do fêmur direito.
“Graças a esta cirurgia, eu voltei a andar sem dor e vai ficar melhor ainda com a segunda operação que, logo vai acontecer”, comemorou dona Nair.
Ibsen Pinho lembrou que, “em tempos idos, os pacientes precisavam deslocar-se para Campo Grande para conseguir estes procedimentos cirúrgicos de ortopedia e a demanda estava altamente reprimida, aumentando assim o sofrimento de quem precisava desses procedimentos”, comentou.
Até 2016, alguns pacientes conseguiram judicialmente estas cirurgias no Hospital Auxiliadora, “mas isso acabava onerando em muito os cofres do Município”, como lembrou o médico ortopedista.

CONVÊNIO CIRURGIAS ELETIVAS
Desde 2016, quando o prefeito Angelo Guerreiro era deputado estadual, ele conseguiu junto ao Governo do Estado a assinatura de convênio para a realização destas cirurgias eletivas de alta complexidade ortopédica, como observou Ibsen Pinho.
Por esse convênio da Secretaria Estadual de Saúde, no valor mensal de até R$ 293.037,00 na contratualização destes serviços com o Hospital Auxiliadora, podem ser realizadas 10 cirurgias eletivas por mês. São quatro de quadril, uma de joelho, duas de lesões de ligamento e três de artroscopia de ombro.
“Ainda como deputado, fui procurado pela então vereadora, hoje nossa secretária de Assistência Social, Vera Helena Arsioli Pinho, que nos expôs o sofrimento que estas pessoas tinham que enfrentar para conseguir estas cirurgias. Isso nos sensibilizou para conseguirmos o convênio com o Governo do Estado”, lembrou o prefeito.
Quanto ao convênio do Hospital com o Governo do Estado, Angelo Guerreiro também observou que, “estamos adequando algumas questões, vendo qual é a maior demanda de cirurgias e assim melhor atendermos às necessidades da nossa população”, completou.

 

Comment here