Três Lagoas

Operação ‘Porco Solto’ continua e divulga novos flagrantes de descarte irregular de lixo

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA), em continuidade à Operação “Porco Solto”, realizou novos flagrantes e autuações. Somente entre os dias 23 e 28 de maio foram quatro pessoas flagradas realizando descarte irregular de galhada, móveis e entulhos em vias públicas e terrenos baldios, além de outras três identificadas.
Ao todo, desde o início da Operação, os fiscais da SEMEA realizaram 35 flagrantes desta prática considerada crime ambiental, sendo que alguns foram identificados por meio de documentos presentes nos resíduos descartados. Além de receberem multa pela infração, devem recolher os materiais descartados e leva-los ao Aterro Sanitário, conhecido como Buracão do Jupiá.
Cabe ressaltar que o local teve seu horário de funcionamento ampliado para facilitar para a população e empresas de caçambas. Atualmente o Buracão do Jupiá funciona de segunda a sexta-feira das 07h às 17h, permanecendo aberto durante o horário de almoço. Aos sábados o horário é de 07h às 12h.
Os fiscais trabalham em horários alternados dia e noite e a operação segue sem previsão de término. O valor da multa aplicada é de R$ 479,00, no caso das infrações mais leves, podendo ser enquadrada como crime ambiental, dependendo do tipo de resíduo, quantidade e local de descarte. Nesse caso a multa mínima é de R$ 5.000,00.

POLUIÇÃO E PREJUÍZO PARA OS COFRES PÚBLICOS
A SEMEA enfatiza que o despejo de resíduos em vias públicas e terrenos baldios causa poluição ambiental, além de trazer doenças e proliferação de animais peçonhentos. Os recursos utilizados para limpeza desses locais poderiam ser melhores aplicados em obras e serviços para população. Dessa forma, a SEMEA pede que a população denuncie sempre que tiverem conhecimento destes delitos.

EM SEU LUGAR
Lixo doméstico deve ser ensacado e colocado para coleta pública, que atende todo o perímetro urbano e estradas dos ranchos, com frequência de até três vezes na semana. Pneus devem ser levados ao Ecoponto, situado na rua Egídio Thomé, nº 5562, anexo ao Centro de Controle de Zoonoses – CCZ. Galhadas, entulhos de construção e móveis velhos devem ser levados ao Buracão do Jupiá, que fica na Rua Egídio Thomé, próximo ao CCZ.

Da Redação
Três Lagoas

Comment here