Autoridades, políticos, empresários e moradores receberam com alegria a visita do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que cumpriu agenda na manhã de ontem (30) em Três Lagoas (MS) para assinar ordem de serviço em obras de saneamento básico no município. Também foram assinados contratos dos lotes urbanizados as famílias do Assentamento Jardim das Primaveras. Entre obras concluídas e que foram entregues e as anunciadas pelo governo, o investimento é da ordem de R$ 74 milhões.
Milhões serão investidos em redes de água, esgotamento e nova estação de tratamento de esgoto. Atualmente, Três Lagoas padece com saneamento básico. Muitos domicílios ainda utilizam fossas sépticas. Reinaldo Azambuja reforça a importância da obra.
“Estamos entregando R$ 74 milhões em obras de esgotamento sanitário, reservatório de água, ampliação de estação de tratamento e rede coletora. Isso é importante porque é uma obra complexa e poucos homens públicos gostam de realizar, porque enterra o cano da água, tubo de esgoto e a estação de tratamento geralmente fica fora da cidade e poucas pessoas veem. Mas, tem um aspecto muito grande na qualidade de serviços públicos ofertados. Para mim é essencial essas entregas para levar universalização a Três Lagoas”, destaca.
Entre as obras estão à ampliação dos sistemas de abastecimento de água nos bairros Vila Nova, Santa Luzia e Vila Piloto e ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Planalto/São João. São aproximadamente 160 km de nova rede coletora de esgoto, que proporcionará maior qualidade de vida às pessoas e a preservação ao meio ambiente.

Lote Urbanizado
O governador também assinou os contratos do programa Lote Urbanizado beneficiando 146 famílias que esperam pela casa própria há 10 anos e que agora receberam os documentos que comprovam a propriedade da área. A prefeitura vai financiar a edificação e o Estado à cobertura dos imóveis. O Governo Estadual vai investir mais de R$ 1,3 milhão nesse empreendimento.
Para o prefeito Angelo Guerreiro (PSDB) o momento é de alegria não só pelas parcerias, mas pela regularização dos lotes das famílias que aguardavam duas décadas por moradia.
“Maior alegria é ver o sorriso no rosto dessas 146 famílias que há muito tempo vem lutando por uma residência. É gratificante ver o objetivo deles alcançado”, reforça.
Outro que se mostrou satisfeito com a conquista é o Coordenador Estadual na Central de Movimentos Populares (CMP), Francisco Braz, o Chiquinho. Bastante otimista, ele deixa um recado à população.
“Isso é uma riqueza, porque o baixa renda não consegue comprar terreno, virou ouro o setor imobiliário, então, graças a Deus conseguimos. Foram dez anos de luta que compensou o esforço. Quero deixar a mensagem de que nunca desistam dos seus sonhos, lute, peça a Deus, porque quem luta, vence” conclui.

a Azambuja, Guerreiro e Andrfé.jpg

MARIANE MARTINS
Três Lagoas

Mostrar mais
Carregar mais em Três Lagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Começa a segunda etapa da vacinação para pessoas de 20 a 29 anos

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio da equipe do Setor de Imuni…