Três Lagoas

Taxistas poderão trabalhar com o mesmo veículo por até 8 anos

O prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, reuniu-se na manhã desta segunda-feira (22) com taxistas do município para anunciar que a Prefeitura acatou a reivindicação da classe e decretou a alteração na exigência em relação ao tempo de uso dos carros para transporte de passageiros de acordo com o ano de fabricação.
Se anteriormente o prazo máximo era de cinco anos, a partir desta segunda, os veículos utilizados como táxis poderão ter até oito anos a contar da data de fabricação. A medida foi aceita pela Administração, após um estudo feito pela Diretoria de Trânsito, da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (Seintra), que avaliou as condições dos automóveis, normas técnicas e outros parâmetros de uso.
Para o prefeito Angelo Guerreiro, a classe tem a chance de trabalhar mais tempo com seu carro em bom estado, sem precisar trocá-lo por causa da regra. “Esta alteração é a prova de que estamos do lado dos taxistas, uma vez que muitos carros são financiados e nem bem terminam de pagar as parcelas, vence o prazo de circulação do carro como táxi. Essa medida vai dar fôlego aos profissionais, sem contar que muitos veículos estão em perfeitas condições”, ressaltou.
O presidente da Associação de Motoristas e Taxistas de Três Lagoas, Geraldo Nunes de Oliveira, agradeceu ao prefeito pelo pedido atendido e, na oportunidade, apresentou outras reivindicações da classe quanto ao serviço prestado no Município.
Participaram da reunião os diretores de trânsito, Flávio Thomé e Creusa Ramos, o assessor jurídico da Prefeitura, Luiz Henrique Gusmão, o vereador Sargento Rodrigues e vários taxistas.

DA REDAÇÃO
Três Lagoas

Comment here