Três Lagoas

Polícia Militar apreende adolescente de 17 anos que atacava mulheres

A Polícia Militar apreendeu na tarde de quarta-feira (6), um adolescente de 17 anos acusado de agarrar mulheres na zona leste de Três Lagoas (MS). O jovem confessou o crime diante do pai.
Desde o início do mês passado, ao menos 10 vítimas procuraram a delegacia para denunciar tentativas de estupros. O acusado atacava as mulheres na região dos bairros Jardim Alvorada, Jardim Brasília e Vista Alegre.
A apreensão do menor se deu após policiais investigarem uma possível tentativa de homicídio, durante uma briga de vizinhos ao lado da casa do suspeito, no bairro Santa Júlia. Em diligência, os policiais observaram e identificaram na área da residência do jovem a motocicleta Honda CG Titan, cor azul e uma bicicleta de guidom preto, com as mesmas caraterísticas que o acusado utilizava durante os crimes. Um moletom de cor vermelha e azul também foi encontrado e bate com os traços do inquérito policial.
O adolescente foi encaminhado para a Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM), onde foi ouvido e serão tomadas as providências cabíveis.
Mais vítimas procuraram a delegacia para reconhecer o suspeito. A polícia busca agora por mais pessoas que tenham sido vítimas do adolescente, para que possam denunciar o crime.
O major Ênio de Sousa, do 2º Batalhão da Polícia Militar (2º BPM) de Três Lagoas, afirma que a prisão em flagrante foi por coincidência, mas que a equipe de investigação continua nas buscas por outro suspeito que age no bairro Vila Piloto, próximo a faculdade AEMS. “Estamos trabalhando em todos os casos que estão chegando ao nosso conhecimento. Temos outro provável autor de crimes de importunação sexual, estamos colhendo mais indícios para realmente chegar até esse suspeito. Vamos alcança-lo e esse indivíduo responderá por seus crimes”, esclarece.

Confessou diante
do pai
Durante ação da polícia, o pai do adolescente estava na residência e acompanhou apreensão do filho. Durante abordagem, o menor confessou os crimes, e o pai, transtornado, não acreditou que o filho pudesse ser o homem conhecido como o “tarado da zona leste”. “Na entrevista com os policias, diante dos indícios e evidências, o menor confessou os atos de importunação sexual e admitiu que dos dez ataques, em um deles consumou um estupro. Foi uma surpresa para o pai desse jovem já que o mesmo trabalha e não tem antecedentes criminais”, explica o major.

Ataques
Desde o mês de fevereiro, a Polícia Civil de Três Lagoas instaurou inquérito policial para identificar a autoria de dez tentativas de estupros ocorridas no munícipio. Os casos teriam ocorrido nas primeiras horas da manhã, enquanto as vítimas saíam para trabalhar ou estudar.
As mulheres eram abordadas enquanto dirigiam bicicletas ou motos. O acusado se aproximava de motocicleta e chutava a traseira das motocicletas das vítimas. Algumas eram puxadas pelo braço, outras foram tocadas nos seios, nádegas e cabelo. O acusado as mandava ficar quietas ou algo ruim aconteceria. Ele também proferia palavras de baixo calão. Em todas as tentativas de estupro, as vítimas gritaram e correram pedindo ajuda.
O major Ênio, dá orientações de segurança para todas as mulheres que se sentirem intimidadas ou em perigo. “Diante disso, pedimos que as mulheres colaborem, liguem para o número 190 em qualquer situação que se sentirem intimidadas seja na rua ou em casa. Não se calem diante de qualquer tipo de violência, psicológica, moral ou física. Evitem andar sozinhas em lugares ermos e escuros, cuidem dos seus pertences pessoais, principalmente bolsas e celulares, não os deixem expostos e se possível saiam sempre acompanhadas de irmãos, amigos, pais, namorados e maridos”, reforça.

Mariane Martins
Três Lagoas.

Comment here