FORA - Edgar de Souza, que foi cassado pela Justiça, agora poderá ficar inelegível ARQUIVO

Por 14 votos a 1, Câmara rejeita as contas de Edgar de Souza

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – LINS

Em sessão remota realizada no início da noite dessa segunda-feira, a Câmara Municipal de Lins rejeitou as contas relativas a 2017 do ex-prefeito Edgar de Souza. Os vereadores aprovaram o Decreto Legislativo de rejeição das contas, seguindo o posicionamento do Tribunal de Contas do Estado. Foram 14 fotos favoráveis ao decreto (pela reprovação das contas e apenas um contra (favorável ao prefeito). Somente o vereador Damião de Souza, aliado do ex-prefeito, votou contra a desaprovação. Com esta decisão da Câmara, o prefeito pode se tornar inelegível por oito anos.

O Tribunal de Contas do Estado, que já havia feito vários apontamentos em anos anteriores da administração de Edgar de Souza, voltou a apontar falhas e irregularidades na prestação de contas e o parecer foi pela desaprovação. Diante do posicionamento do Tribunal de Contas, os vereadores decidiram pela desaprovação.

Na próxima edição mais detalhes sobre as contas rejeitadas

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Vigilância define calendário de vacinação

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – LINS Durante o mês de abril outros grupos prioritários irão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *