PRESENÇA - Vice-governador Rodrigo Garcia participou de audiências na região

Criação das regiões de Lins e Penápolis é tema de debates em audiências públicas

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – LINS/PENÁPOLIS

A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) realizou, nesta sexta-feira (6/8), as audiências públicas do Projeto de Desenvolvimento do Estado. Nos encontros, o vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia, acompanhado de outros secretários de Estado, apresentou a proposta da nova divisão regional e debateu com prefeitos, deputados e sociedade civil a criação das Regiões de Estado de Lins e de Penápolis. O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, com outras agendas de Governo, participou virtualmente. As audiências foram no período da manhã, em Lins e à tarde, em Penápolis. Em Lins, o vice-governador foi recebido pelo prefeito João Pandolfi.

 “Hoje estamos aqui falando de futuro para a cidade de Lins e da região. O primeiro passo é a reorganização administrativa, na sequência, reorganização do governo e por fim, com uma administração mais eficiente, atender de maneira mais rápida a população colocando a mão na massa. Com a Região de Estado de Lins vamos planejar, organizar e ter a oportunidade de executar no momento certo as políticas públicas”, afirmou Rodrigo Garcia.

A criação da Região de Estado de Lins integra o Projeto de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo. A proposta de regionalização teve como premissas principais manter tanto quanto possível as divisões existentes, considerando também o nível de integração regional entre os municípios. O projeto foi desenvolvido com base em estudo feito em parceria com a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE).

“A nova unidade regional do território paulista em Lins impulsionará o desenvolvimento da região com respostas mais eficazes às suas demandas, novos investimentos e parcerias, levando à transformação das realidades locais“, afirmou o secretário Marco Vinholi.

O Estado propôs a criação da Região de Estado de Lins com 10 municípios integrantes. São eles: Cafelândia, Getulina, Guaiçara, Guaimbê, Guarantã, Lins, Pongaí, Promissão, Sabino e Uru. Com um PIB (Produto Interno Bruto) de R$ 6,79 bilhões, a nova região tem uma população de 176.829 habitantes.

Em Lins, o vice-governador anunciou a liberação de aproximadamente R$ 20 milhões em obras, destacando anel viário, ligando a Rodovia Marechal Rondon ao aeroporto, beneficiando muitas empresas. O prefeito João Pandolfi disse que era uma obra há muito tempo solicitada pelas lideranças políticas e empresariais do município, agora atendida pelo governo do Estado.

 

PENÁPOLIS

“Após o estudo da Fundação SEADE, apresentado hoje para vocês, estamos propondo a criação de novas regiões. A audiência pública é para isso, promover o debate e novas sugestões com a participação de todos. A regionalização será fundamental para o futuro de São Paulo para que possamos continuar com políticas públicas organizadas e priorizadas pela sociedade civil”, explicou Rodrigo Garcia na audiência pública de Penápolis.

“O projeto foi desenvolvido com base em estudo feito em parceria com a Fundação SEADE e propôs a criação da Região de Estado de Penápolis, integrada por 5 municípios: Alto Alegre, Avanhandava, Barbosa, Luisiânia e Penápolis. O objetivo da nova regionalização é fortalecer as políticas públicas regionais e de interesse comum entre as Prefeituras, levando a  ações cada vez mais eficazes para a sociedade civil”, disse o secretário Marco Vinholi.  

Durante o evento foi debatida a possibilidade de inclusão dos municípios de Braúna e Glicério na unidade regional. Alterações nas novas regiões propostas poderão ser realizadas pelos deputados na Assembleia Legislativa. 

Depois de institucionalizada as regiões, o novo modelo possibilitará a criação de um Conselho de Desenvolvimento, de caráter deliberativo, composto por representantes dos municípios, do Estado e da Sociedade Civil que também poderão participar das Câmaras Temáticas criadas para cada área de interesse comum como: meio ambiente transporte e saúde. Também será criada a Agência Metropolitana e o Fundo de Desenvolvimento, na qual tanto Estado, municípios e organizações aportam recursos para investimentos e solução de problemas da região.

De acordo com o consultor da SDR, Marcos Campagnone, “conforme se aumenta o conhecimento do território, aumenta o nível das políticas públicas definidas, não só pelo Governo do Estado, mas em conjunto com os municípios. O processo tem sido muito rico, quando ouvimos a sociedade, a chance de errar diminui. A sabedoria daqueles que vivem na região ajudam o Estado a definir os melhores projetos”, explicou.

Durante as audiências públicas, todas as medidas, protocolos sanitários e normas de isolamento social foram seguidos para contenção do coronavírus. A audiência pública teve número limitado de lugares e disponibilizou a transmissão da apresentação pelos canais da Secretaria de Desenvolvimento Regional.

Os interessados ainda podem compartilhar suas sugestões até o próximo dia 26 de agosto, por meio do e-mail: audienciapublica@sdr.sp.gov.br.

 

AGENDA

O vice-governador Rodrigo Garcia visitou várias cidades na região, assinou convênios e liberou a construção de casas populares, entre outros benefícios.

 

PEDIDOS – Prefeito de Lins, João Pandolfi, destaca a liberação de recursos para o município

 

PARTICIPAÇÃO – Prefeitos das cidades da região de Lins participaram da audiência

Compartilhe esta notícia!

Veja também

Diretoria inicia ações da ‘semana Nacional de Trânsito’

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS É celebrado este ano entre os dias 18 …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *