14.4 C
Araçatuba
domingo, junho 26, 2022

Administração alega falta de recursos e servidores ficam sem reajuste

Diretores do Sindicato dos Funcionarios e Servidores Públicos Municipais de Lins e Região (Sifusp) se reuniram com representantes da administração de Lins (prefeito Edgar de Souza) para retomar as negociações salariais. Porém, as negociações vão continuar, já que a Prefeitura alegou falta de recursos para fazer apenas a reposição da inflação.

Segundo o presidente do Sifusp, Paulo Sérgio Estevão, as negociações referem-se a abril. “Na época o governo negociou 1,5% de reajuste em abril e 1% em setembro. O vale aimentação passou de R$ 178,00 para R$ 220,00. Ficou certo de retomarmos as negociações após o reajuste de setembro. Foi o que fizemos”, explicou o sindicalista.
O reajuste pleiteado é de 2,5% para completar o índice da inflação medida até abril, que era de 4,68%. No entanto, a administração alegou falta de dinheiro e não concedeu o reajuste. Houve pequeno aumento no vale alimentação, que passou de R$ 220 para R$ 231.

“Vamos voltar a negociar no início de dezembro para verificar se há condições do reajuste”, explicou Paulo Estevão.

Desta forma, os servidores de Lins não tiveram nem mesmo a reposição da inflação.

Da Redação

Ultimas Noticias