ADEQUAÇÃO - Marcos Adriano Mantovan fala sobre levantamento dos custos das obras DIVULGAÇÃO

Ritinha Prates recebe recursos para reestruturar o CER e fará campanha para adequar instalações 

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

 Depois de nove anos de espera, a Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates, de Araçatuba (SP), recebeu recursos de um convênio com o Ministério da Saúde (MS) para a compra de uma série de equipamentos, móveis e materiais, que vão de televisores, computadores, aparelhos de ar condicionado e lousas interativas, a desfibriladores, macas, estetoscópios, aparelhos de ultrassom e consultórios completos. Os recursos somam R$ 1.175.324,00 foram liberados em parcela única, depositados em uma conta bancária aberta especificamente para esta finalidade, e devem ser utilizados no período de um ano.

A presidente da entidade, Vanilda Maria Barboza (Vanda), explica que a verba deve ser usada exclusivamente para compras de itens destinados ao CER III (Centro Especializado em Reabilitação), o que acaba gerando outra demanda. “Estamos extremamente felizes com o repasse, pois batalhamos durante quase uma década para melhorar o CER. Agora, entramos em uma nova fase, pois para instalar os novos equipamentos é necessário reformar alguns ambientes e construir outros, e esse dinheiro que veio não pode ser usado para isso”, comenta Vanda.

Alguns equipamentos já foram comprados e entregues no CER. De acordo com o coordenador técnico de Reabilitação Física da organização, Marcos Adriano Mantovan, os custos das obras estão sendo calculados para que a associação comece uma campanha de arrecadação junto à comunidade regional. “Precisamos construir três salas, por exemplo, além de uma série de ajustes na infraestrutura do Centro. E como sempre fazemos nestes casos, contamos com ações solidárias da sociedade na doação de recursos e de materiais que nos permitam atingir esse objetivo”, diz Mantovan.

“Nunca perdemos a esperança de que seríamos contemplados, e todo ano voltávamos à carga no Ministério, insistindo na necessidade de atualizarmos os nossos equipamentos. Agora, poderemos oferecer equipamentos e materiais mais modernos, o que favorece o conforto e o tratamento dos nossos usuários. Esse convênio visa o fortalecimento do SUS, sendo que todo o recurso será aplicado em favor do atendimento das pessoas com deficiência, as PCDs. E tudo será feito com a máxima transparência, pois o convênio é feito por meio do Fundo Nacional de Saúde, que é o gestor financeiro dos recursos destinados ao Sistema Único de Saúde”, conclui Vanda.

 

O CER

O CER III Ritinha Prates faz atualmente cerca de 500 atendimentos por mês, caracterizando-se como um ponto de atenção ambulatorial especializado em reabilitação, que realiza diagnóstico, avaliação, orientação, estimulação precoce e atendimento especializado em reabilitação. A unidade é referência para a rede de atenção à saúde na área de abrangência do DRS 2 (Departamento Regional de Saúde).

Todo atendimento realizado no CER é feito de forma articulada com os outros pontos de atenção da Rede de Atenção à Saúde, através de Projeto Terapêutico Singular, cuja construção envolve a equipe, o usuário e sua família. O público-alvo dos atendimentos são pessoas com deficiências (auditiva, física e visual) de qualquer sexo e idade, que são devidamente encaminhadas pelos serviços de saúde da região de abrangência da DRS II (Departamento Regional de Saúde), que atende 40 municípios da região de Araçatuba, e que contenham critérios de elegibilidade estabelecidos em portarias e no Instrutivo de Reabilitação do Ministério da Saúde.

Segundo o Departamento, 7,12% da população (IBGE – 2010) de sua área de abrangência tem deficiência motora, 4,78% tem deficiência auditiva e 16,42% tem deficiência visual e necessitam de atendimento especializado. A presidente da Associação Maria Aparecida Nascimento Xavier (Cida) afirma que a compra desses equipamentos será de extrema importância para manutenção e preservação dos atendimentos. “A vinda deste recurso irá impactar na qualidade e quantidade da oferta de serviço, resultando em maiores resultados do público alvo”, explica ela.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Salsaretti deve gerar até 600 empregos diretos com aumento de linha de produção em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!  A empresa Salsaretti, um braço do grupo Predilecta, em Araçatuba, anunciou nesta …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *