ALÍVIO - Donos de restaurantes e lanchonetes apontam benefícios para o setor com medida do governo estadual

Empresários de Araçatuba comemoraram liberação de atividades até às 23h no estado

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Donos de estabelecimentos noturnos de Araçatuba estão comemorando a extensão do funcionamento presencial de 21h para 23h a partir de sexta-feira (9). É a maior flexibilização de atividades noturnas feita pelo estado desde as primeiras restrições, em março de 2020. Desde então, o máximo de liberação pelo governo estadual havia sido até 22h.

Em depoimento à reportagem, empresários donos de restaurantes e cervejarias comemoraram a medida e demonstraram alívio com a nova medida. Para José Marchesine Neto, proprietário do Voth Bier, o público de Araçatuba está acostumado a sair mais tarde, e a extensão do horário deve beneficiar as lanchonetes e os restaurantes que funcionam neste horário.

“Culturalmente o araçatubense não vai pro happy hour, vai pra casa e depois sai. Muito disso é pelo clima também, sai depois das 20h quando dá uma refrescada. Portanto, muitas pessoas não estavam indo à cervejaria, bares e restaurantes com a restrição até às 21h. Acredito que agora o pessoal vai animar a sair de casa para tomar chopp”, afirmou Marchesine.

Para a proprietária dos restaurantes Brunoise e Casa Mia, Luciane Pinese, o novo horário de funcionamento deve ajudar também na diluição do público, que tem a oportunidade de ter um espaço de tempo maior para ir aos estabelecimentos, diminuindo as chances de aglomeração.

“Isso beneficia bem o setor, porque a gente pode trabalhar com uma margem maior, mais tranquilo. Ampliando esse horário a gente consegue fazer com que nossos clientes venham mais espaçadamente, que não gere acúmulo de pessoas nos locais, acho que isso deveria ter sido feito desde o início”, afirmou Luciane.

Nesta semana, empresários do setor procuraram o vereador Lucas Zanatta (PV), que encaminhou um ofício pedindo ao prefeito Dilador Borges Dasmaceno (PSDB) para que aumentasse o período de funcionamento de restaurantes e lanchonetes até meia-noite.

O ofício foi protocolado na prefeitura na tarde da última segunda-feira e trazia como justificativa a melhora nos índices de saúde relacionados à pandemia.

De 9 a 31 de julho

Este feriado de 9 de julho terá uma novidade para os estabelecimentos noturnos de Araçatuba e de todo o estado. Em anúncio feito na tarde desta quarta-feira (7) em coletiva de imprensa pelo governador João Dória (PSDB), o estado ampliou, através do Plano São Paulo, o horário de funcionamento das atividades econômicas até às 23h, com acesso ao estabelecimento até 22h. O novo período de funcionamento começa a partir de amanhã (9). Até então, a abertura só estava permitida até 21h.

Além disso, foi aumentada a capacidade de permanência dentro de estabelecimentos comerciais, agências bancárias, casas lotéricas, lanchonetes, dentre outros estabelecimentos, de 40% para 60% do público permitido em cada espaço. O toque de recolher passa a ser das 23h às 5h. As novas regras valem até o próximo dia 31 de julho.

O motivo alegado pelo governo estadual para a liberação foi o avanço da vacinação no estado e a diminuição dos índices de saúde, como casos, mortes e índices de internação em todo o estado de São Paulo.

“Com mais vacinas para toda a população e a queda constante dos índices da pandemia, caminhamos passo a passo, de uma maneira gradual e segura, para a volta plena do funcionamento da economia em São Paulo”, declarou João Dória durante a entrevista.

De acordo com os indicadores de Secretaria da Saúde, o total de novos casos, internações e mortes provocadas pelo coronavírus está em queda em São Paulo nas últimas semanas da pandemia em São Paulo.

O Estado tem registrado redução diária de internações em leitos de enfermaria e de UTI. No interior do estado, a taxa de ocupação de leitos de UTI covid-19 está em 69%. Na região do Departamento Regional de Araçatuba, o índice de ocupação de UTI está em 62%. Em uma semana houve redução nos três índices em todo o Estado de São Paulo: 20,6% no número de casos, 11,4% nas internações e 10,6% nos óbitos.

“Podemos dar o próximo passo de retomada segura e responsável no nosso estado. É possível fazer sim boa gestão pelas vidas e pelos empregos”, reforçou a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen.

A última atualização do Plano São Paulo previa a manutenção da fase de transição até 15 de julho. Com a nova prorrogação, as normas vão vigorar até 31 de julho, mas poderão ser revistas a qualquer momento conforme a tendência de novos casos, internações e mortes por covid-19.

As normas que entram em vigor na sexta valem para estabelecimentos comerciais em geral, incluindo shoppings centers e galerias, onde o acesso de clientes pode ser feito até as 22h, com encerramento das atividades às 23h.

O mesmo expediente deve ser seguido por serviços como restaurantes e similares, salões de beleza, barbearias, academias, clubes e espaços culturais como cinemas, teatros e museus. Todos devem obedecer aos protocolos setoriais de segurança sanitária previstos no Plano São Paulo.

Permanecem liberadas as celebrações individuais e coletivas em igrejas, templos e espaços religiosos, desde que seguidos rigorosamente todos os protocolos de higiene e distanciamento social. (Com informações do governo de São Paulo)

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Sistema fotovoltaico não perde eficiência com baixas temperaturas

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Um dos mitos mais propagados sobre a energia solar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *