21.9 C
Araçatuba
sábado, maio 21, 2022

Araçatuba registra 104 picadas de escorpião no ano

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Uma das preocupações da população, principalmente para aqueles que possuem crianças ou idosos em casa, é com os acidentes escorpiônicos. Muito comum ao longo do ano, o problema segue causando alerta em Araçatuba.

 

Dados da vigilância epidemiológica apontam que a cidade teve, até a última sexta-feira (11), 104 casos de picadas de escorpião neste ano de 2022. Foram 101 ocorrências no mês de janeiro e outras três contabilizadas em fevereiro.

 

Com estes dados, a média de casos em Araçatuba segue alta. São 2,41 casos de acidentes por dia, o que aumenta o alerta do público.

 

No ano passado, a cidade teve 1.295 casos de acidentes escorpiônicos, sendo que outubro foi o mês com o maior número de ocorrências, com 171. A média foi de 107 casos por mês.

 

Já em 2020, o número de ocorrências foi maior, com 1.439 picadas, novamente com outubro sendo o mês com mais casos, com 160. A média naquele ano foi 119 picadas por mês. Nos últimos dois anos, não foram registradas morte na cidade por causa dos escopiões. 

 

Crianças, donas de casa e pessoas que trabalham em construção civil e com manipulação de produtos hortifrutigranjeiros fazem parte do grupo de maior risco.

 

Em crianças, os casos costumam ser mais graves devido à relação entre o veneno inoculado pelo escorpião e baixo peso da criança. Quanto menor a criança, maior risco ela corre de evoluir para um caso mais grave ou fatal.

 

Cuidados

 

Segundo o Centro de Controle de Zoonoses de Araçatuba, o cuidado com os escorpiões deve ser redobrado nesta época do ano, por causa do aumento da temperatura e das chuvas, que formam um ambiente propício para o desenvolvimento do animal peçonhento.

 

Embora o escorpião prefira lugares secos, é nesta situação que mora o perigo. Durante o período chuvoso, a tendência é que os escorpiões procurem abrigo dentro das casas, aumentando o risco para os moradores.

 

A utilização de telas nas janelas e ralos; observação cuidados dos sapatos antes de calçá-los ou das roupas antes de vesti-las; e o batimento de roupas de cama; além do recolhimento de entulhos, são algumas das medidas mais eficientes para evitar a surpresa de um ataque do pequeno animal.

 

Ultimas Noticias