Home Cidades Araçatuba PONTO DE VISTA

PONTO DE VISTA

6 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

Empresário, o futuro chegou. Você está preparado?

No artigo anterior eu pergunte: “Empresário, você estava preparado?”, quando explanei sobre a situação atual da pandemia e todas as mudanças que ela nos trouxe. Agora, neste escrito faço a pergunta que vai no título se você, empresário e profissional, está preparado para o futuro que já chegou. Sim, ele não vai chegar, ele chegou.
Minha sócia e parceira diz que estamos vivendo algo parecido com o lema do Presidente JK que prometia o progresso de “50 anos em 5”, porém agora foram “10 anos em alguns meses”. A hipérbole tem sua razão para ilustrar que realmente em pouco tempo muita coisa que estava prevista mudar, ainda para os próximos anos, veio como uma enxurrada arrastando o que viu pela frente.
Agora o contexto é outro. A Nova Economia Global, que já mostrava seus traços antes da pandemia da COVID19, ficou ainda mais clara. A competitividade do ambiente organizacional aumentou muito, tanto para empresários quanto para profissionais. Estruturas mais enxugadas, maior racionalização de processos e recursos e, claro, a inclusão da tecnologia, Inteligência Artificial, IoT (Internet das coisas) no cotidiano empresarial. Para alcançar a tão sonhada exponencialidade no seu modelo de negócios, capaz de escalar os resultados financeiros, será exigido das empresas mais investimentos em desenvolvimento pessoal, equipamentos e tecnologia.
Já vivíamos um ambiente de constantes e rápidas mudanças. É só lembrar que até há apenas 10 anos atrás não tínhamos a ferramenta Whatsapp, que hoje é usada em larga escala no mundo dos negócios. Assim como o Yahoo “dormiu no ponto” frente ao crescimento do Google na 1ª década no novo milênio, muitos empresários, principalmente os de lojas físicas, ficaram como plateia assistindo a estas modificações no cenário corporativo. Como afirmei no artigo passado, muitos não estavam preparados para o que está acontecendo agora. Porém, têm a oportunidade de se prepararem, rapidamente, para o novo mundo.
Diante disso, a questão que trago, mais uma vez, é: qual mentalidade será preciso formar e ter para enfrentar este novo cenário mundial? Como você enxergará a si mesmo para gerar resultados diferentes? Ou você acredita que com as mesmas atitudes e ações será suficiente? Afirmo de maneira incisiva que aqueles que não buscarem mudança em si mesmos, inovar a sua mente e mudar o filtro da frente dos olhos, continuará produzindo os mesmos resultados. E tenha a certeza meus, amigos, não será suficiente.
Se você leu meu artigo anterior, sabe que neste estou reforçando muitas coisas que escrevi lá e sendo ainda mais incisivo em dizer que seu negócio não sobreviverá. É difícil para uma boa parte dos empresários brasileiros entenderem que o maior e melhor investimento que ele pode fazer é nele mesmo. Não é o único, mas um dos mais importantes. Em um navio, o capitão deve ser o mais bem preparado de toda tripulação, e isso inclui preparo mental e comportamental. No comando de uma organização, o líder maior deverá ser exemplo para seus liderados. Como cobrar proatividade, criatividade e inovação da equipe se você não o faz consigo mesmo? É muito incongruente e sua estrutura pessoal identifica, entende e reage a isso.
Tome hoje uma decisão importante: busque se desenvolver, mudar sua mentalidade. O futuro chegou e somente você poderá tomar as atitudes necessárias para ter sucesso. Ninguém fará por você.

Rodrigo Rosa (@rodrigorosatrainer), coach e trainer do Instituto Alto Valor e membro do Instituto Liberal da Alta Noroeste.


Compartilhe esta notícia!