Home Cidades Araçatuba Evento de kart movimenta economia e gera renda para a região de Araçatuba

Evento de kart movimenta economia e gera renda para a região de Araçatuba

7 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A liberação de eventos com público controlado na região de Araçatuba está proporcionando a volta das competições no Speed Park, kartódromo internacional localizado entre Araçatuba e Birigui. O setor de turismo já sente os impactos positivos nas finanças com a presença de competidores de todo o Brasil na região para a disputa da 3ª etapa da Copa Speed Park de Kart.

O fomento à economia é um dos grandes destaques do evento, segundo o empresário Ricardo Gracia, que é proprietário do kartódromo. Em entrevista concedida à Clube FM e ao jornal O LIBERAL REGIONAL, Gracia comentou o local, que será sede do Mundial de Kart no final de 2021, foi construído exatamente para ajudar no crescimento econômico da região, pleiteando a chegada de grandes eventos esportivos ligados à velocidade.

“Isso ajuda muito no fomento da economia, trazendo recurso de fora pra nossa região, a hotelaria hoje já está podendo usufruir desse benefício com o turismo. Através do turismo esportivo a gente busca melhorar a economia regional, e é uma felicidade, a gente quer que isso aconteça sempre, o propósito do Speed Park é o desenvolvimento regional através do esporte”, afirmou o empresário.

A quantidade de trailers montados no local demonstra a grandiosidade do evento. São ao todo 160 pilotos de 7 a 40 anos de idade, representando pelo menos 15 estados brasileiros, e que vieram com suas famílias no início desta semana para a disputa dos treinos até ontem e da competição hoje, a partir das 8h.

A expectativa de Ricardo Gracia é que vários setores da economia estejam sentindo um impacto financeiro positivo, principalmente a rede de hotelaria, de restaurantes e até o comércio de Araçatuba e Birigui.

“A gente tem mais de 160 pilotos, cada piloto traz sua família, cerca de 4 a 5 pessoas. Estamos falando de quase 1.000 pessoas de fora aqui, são pessoas que consomem nos supermercados, eles alugam casas, eles se hospedam em hotel, eles abastecem o carro com combustível, eles almoçam e jantam em restaurantes, então realmente faz um movimento econômico e esse movimento é importante para a nossa região que sofreu muito durante a pandemia”, explicou Gracia.

Para a competição neste sábado, a circulação de pessoas no Speed Park está restrita a 700, por causa da pandemia. Desde a chegada no local, um funcionário mede a temperatura dos visitantes, e há tubos de álcool em gel espalhados por todos os lados, além de ser obrigatório o uso de máscara dentro do espaço.

Com a liberação dos Paddock 1 e 2 do espaço para que as famílias acompanhem a competição, Ricardo Gracia espera haja uma maior circulação de dinheiro também entre os moradores da região, que irão ao local acompanhar as finais da competição.

“Não temos uma estimativa de valor, mas a gente tem essa quantidade de pessoas que circulam aqui, isso sem falar que a partir de amanhã também algumas pessoas da nossa própria região, aqui do próprio Speed Park, o pessoal da região, virá pra cá também para poder assistir as corridas”, completou.

Retorno

Neste mês de outubro, o kartódromo voltou a realizar baterias com o público em geral, mas com restrições. Se antes o atendimento era de quarta a domingo, agora as baterias estão acontecendo, por enquanto, somente às sextas, sábados e domingos.

As baterias contam com opções diversão para as crianças, com o grupo Animania fazendo a alegria dos pequenos aos sábados e domingos, além do restaurante e lanchonetes disponíveis no espaço.

O local fica aberto às sextas das 18h às 22h. Aos sábados e domingos, a disponibilidade de locação de horários é das 9h às 18h. Neste sábado, por causa da 3ª Etapa da Copa Speed Park, o kartódromo ficará aberto no período noturno para as locações.

 


Compartilhe esta notícia!