Home Cidades Araçatuba Com programação preventiva, dia da Padroeira será celebrado em toda a Diocese

Com programação preventiva, dia da Padroeira será celebrado em toda a Diocese

6 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O Dia da Padroeira do Brasil e da Diocese de Araçatuba será marcado pela fé e a prevenção. No dia 12 de outubro, as 33 paróquias e as duas capelas das 19 cidades do Território Diocesano celebrarão Nossa Senhora Aparecida após pouco mais de um mês do retorno dos fiéis às igrejas para as missas e celebrações litúrgicas públicas, ocorrido em 5 de setembro, mediante decreto episcopal.

Programação passou por alterações devido a pandemia, porém solenidade é a primeira após a retomada das celebrações públicas.

Entretanto, a observância das prevenções e acessos às comunidades se faz necessária. O uso de máscaras, álcool em gel, medição de temperatura, higienização dos templos e o distanciamento proposto pelas paróquias, em consonância com as legislações municipais vigentes, se mantêm. Devido a estes cuidados, alguns eventos marcantes da data foram cancelados ou readaptados.

É o caso das tradicionais barqueata e caminhada realizadas anualmente pela Paróquia Sant’Ana, em Araçatuba. Os eventos, que atraíam devotos de toda a região, foram suspensos em respeito às normas sanitárias por conta da pandemia da Covid-19.

Conforme o pároco local, padre Fernando Stanicheschi a decisão foi acordada após reunião com os organizadores das atividades. “A Paróquia Sant’Ana, em reunião com as equipes responsáveis pela preparação da programação da festa em louvor a Nossa Senhora Aparecida, comunica o cancelamento das atividades (…) Em virtude dos cuidados ainda necessários para evitar a propagação da Covid-19”, afirma.

Todavia, tanto a paróquia quanto a Capela Santa Rita de Cássia terão missa às 9h.

Cada paróquia tem os seus procedimentos e acesso dos fiéis, conforme as legislações municipais e ainda a realidade destes locais. As paróquias também mantêm as transmissões ao vivo pelas redes sociais e pela plataforma YouTube.

 

DEVOÇÃO

Segundo o padre Roberto Teixeira dos Santos, vigário da Paróquia Sant’Ana e vigário da Região Pastoral de Araçatuba, a devoção a Nossa Senhora Aparecida é fruto do carinho do cristão transformado em devoção. “A Mãe de Jesus merece dos cristãos um carinho especial e a devoção por ela se manifesta em todos os lugares, venerada sob os mais diferentes títulos e em muitas igrejas, desde modestas capelas a imponentes santuários. Em nosso país, ela é venerada como Nossa Senhora da Conceição Aparecida”, explica.

Para o sacerdote, a solenidade proporciona a reflexão de Nossa Senhora como instrumento na cooperação da salvação de todos. “Maria não foi instrumento meramente passivo nas mãos de Deus, mas cooperou na salvação dos homens com fé livre e inteira obediência. Sem nada tirar ou diminuir e nada acrescentar à ação daquele que é o único mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, Maria nos aponta as vias de salvação, vias que convergem todas para Cristo, seu Filho, e para a sua obra redentora. Maria nos leva a Cristo”, conclui.

 


Compartilhe esta notícia!