Home Cidades Araçatuba Horário político no rádio e na TV começa na sexta e terá apenas candidatos a prefeito

Horário político no rádio e na TV começa na sexta e terá apenas candidatos a prefeito

9 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

O Horário Eleitoral Gratuito no rádio e na televisão começará a ser exibido a partir da próxima sexta-feira, dia 9 de outubro. Neste ano, apenas os candidatos ao cargo majoritário de prefeito terão oportunidade de falar ao público durante o espaço, já que serão destinados apenas 20 minutos por dia para as exibições.

No rádio, os tradicionais horários das 7h e 12h continuam, enquanto na TV seguem sendo exibidos às 13h e 20h30, assim como vem ocorrendo nas eleições anteriores. A período de exibição se inicia na sexta, dia 9 de outubro, e vai até o dia 12 de novembro. Porém, neste ano, a propaganda eleitoral gratuita terá apenas 10 minutos em cada um destes horários. Os candidatos a vereador terão direito a inserções na programação das emissoras, bem como os próprios candidatos ao executivo.

Neste ano, o tempo no horário eleitoral de rádio e TV foi distribuído proporcionalmente à quantidade de deputados federais em mandato por partido. Essa métrica compõe 90% do tempo de cada candidato. Nas coligações, somam-se os representantes dos seis maiores partidos da aliança para calcular o tempo disponível ao candidato.

Os outros 10% são distribuídos de forma igualitária, independente do número de representantes na Câmara dos Deputados. Em Araçatuba, esta distribuição garantiu cerca de 8 segundos e meio para cada candidato.

Em Araçatuba, a coligação “Construindo Juntos Uma Nova Cidade”, formada pelo PSDB, Progressistas, PSL, PL, DEM e pelo PROS, e quem tem como candidato o atual prefeito Dilador Borges Damasceno (PSDB) terá o maior tempo no horário eleitoral, com 4 minutos e 32 segundos, ocupando quase metade de todo o espaço por exibição.

Neste caso, somados, os seis partidos da coligação possuem 189 deputados na Câmara Federal, sendo que o PSL, com 52 representantes eleitos em 2018, é o partido com o maior número de cadeiras em Brasília. Isso garantiu os outros 4 minutos e 23 segundos de tempo, que se somam ao tempo igualitário.

A coligação “Araçatuba Pra Fazer Bem Feito”, que envolve os partidos MDB, Patriota, PC do B, Avante e Solidariedade, e quem tem como candidato o vereador e ex-presidente da Câmara Cido Saraiva (MDB) terá 1 minuto e 50 segundos.

O maior partido da coligação na Câmara dos Deputados é o MDB, que tem 34 parlamentares. Essa distribuição garantiu os 1 minutos e 42 segundos restantes do tempo de Cido Saraiva.

O candidato Sebastião Júnior (PT) mesmo não tendo coligação, terá o terceiro maior tempo com 1 minuto e 23 segundos. Isso porque o Partidos dos Trabalhadores é o primeiro em cadeiras na câmara, com 54 deputados.

O candidato Felipe Fornari (Podemos) faz parte da coligação “Unidos Por Uma Araçatuba Melhor”, formada pelos partidos Podemos e Republicanos. Ao todo, a coligação terá 1 minuto e 14 segundos na propaganda eleitoral.

O PSOL e o PTB, que não fizeram coligação e lançaram, respectivamente, os candidatos Reverendo Paulo Sanda e o ex-prefeito Domingos Andorfato, terão 22 segundos. Enquanto o Partido Verde, que tem o vereador Flávio Salatino como candidato, terá 14 segundos.

Candidata de fora

A chamada cláusula de barreira fará com que a candidata Laine Martins (PTC) não apareça no horário eleitoral gratuito.

Para este ano, a cláusula que é válida desde 2019, exige um mínimo de 2% dos votos válidos e 9 deputados federais eleitos pelo partido na Câmara dos Deputados em pelo menos um terço dos estados brasileiros. Somente desta forma o partido poderia ter um tempo no horário eleitoral gratuito.

O Partido Trabalhista Cristão teve apenas dois deputados eleitos em 2018 para a Câmara Federal, em Brasília (DF).

Intervalos

Os candidatos também serão ouvidos durante os intervalos das programações das rádios e TV de Araçatuba. O tempo de inserções também segue o mesmo padrão de divisão do horário eleitoral gratuito. Ao todo, são 42 minutos para os candidatos a prefeito e outros 28 minutos dedicados aos candidatos à Câmara Municipal.

A coligação do atual prefeito Dilador Borges Damasceno (PSDB) terá, ao todo, cerca de 19 minutos de inserções. Já o vereador Cido Saraiva (MDB) terá 7 minutos e 43 segundos de tempo nos intervalos. Estas inserções deverão ser exibidas pelas emissoras de forma intercalada.

Sebastião Júnior (PT) e Felipe Fornari (Podemos) estarão na faixa de 5 minutos cada, com vantagem nos segundos para o petista, que terá seu som e imagem ouvido e visto mais vezes. Domingos Andorfato (PTB) e Reverendo Paulo Sanda (PSOL) terão 1 minuto e meio, enquanto Flávio Salatino (PV) terá 59 segundos.

Entre os vereadores, o PT terá ao todo 3 minutos e 22 segundos de inserção para os seus candidatos, enquanto O PSL terá 3 minutos e 15 segundos. O Progressistas é o terceiro em tempo para o candidato com 2 minutos e 25 segundos.

 


Compartilhe esta notícia!