Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

A um dia de encerrar o prazo das convenções para a escolha de candidatos a prefeito, vice e a vereador na eleição municipal deste ano, os nomes de pelo menos cinco postulantes ao Executivo já estão definidos.

No último fim de semana, em reuniões internas, três partidos tradicionais confirmaram seus candidatos à Prefeitura de Araçatuba.

No sábado, o PTB confirmou a candidatura do ex-prefeito Domingos Andorfato, que terá o próprio presidente do partido na cidade, Fred Wilson Pereira de Souza, como vice.

Por enquanto, o partido está com chapa pura. Mas, até amanhã, quando se encerra o prazo das convenções, “tudo pode mudar”, segundo admite Fred. “Nossa candidatura está mantida, mas poderemos formar alianças”, explicou o líder partidário.

Pela segunda eleição consecutiva, o PTB lança candidato próprio a prefeito – há quatro anos, fora o empresário Luís Fernando de Arruda Ramos, já falecido. Andorfato, que governou a cidade entre 1993 e 1996, disputará a Prefeitura pela terceira vez. Em 1988, ele também foi candidato, mas foi derrotado pela ex-prefeita Germínia Venturolli. Nos últimos pleitos, o petebista vinha apoiando as candidaturas do atual prefeito, Dilador Borges Damasceno (PSDB).

E é justamente o tucano quem será um dos adversários do antigo cacique da política local. No domingo, o PSDB e os partidos aliados ratificaram o nome de Dilador como candidato à reeleição. Desta vez, o atual mandatário partirá para a disputa coligado com PL, Democratas, Progressistas, Cidadania, PSC e PROS. Outro partido que irá compor a base de apoio, o PSL, ainda realizará sua convenção.

No evento, realizado no Clube dos Bancários, foi confirmado também o nome da vice-prefeita Edna Flor (Cidadania) como candidata à reeleição na chapa encabeçada pelo político tucano.

Será a quarta eleição consecutiva que Dilador concorrerá à Prefeitura – antes de 2016, quando ganhou pela primeira vez, ele foi derrotado por Cido Sério, então pelo PT, em 2008 e 2012.

E, ao que tudo indica, pelo menos até o começo da noite de ontem, são grandes as chances de o eleitorado araçatubense reviver a disputa que vem marcando o cenário político local pelo menos 12 anos. Adversário político de Dilador, Cido Sério deve confirmar, em convenção hoje à noite, sua candidatura a terceiro mandato. A diferença é que, agora, ele está no PSD, partido que, segundo apurou a reportagem, foi sondado pelos tucanos a fim de formar aliança.

Se, por um lado, Dilador terá Cido como um dos seus oponentes na tentativa de continuar à frente da administração municipal, por outro, enfrentará o PT também. No sábado, o Partido dos Trabalhadores referendou o nome de Sebastião Júnior como candidato majoritário.

Ex-assessor de Ricardo Berzoini – ex-deputado federal e ministro nos governos Lula e Dilma Rousseff – Júnior disputará a Prefeitura pela primeira vez. Ele terá como vice Najara Leite, também militante da legenda.

A todas estas candidaturas, deverá se somar a de Cido Saraiva. O MDB realiza hoje à noite sua convenção, oportunidade em que confirmará o nome do vereador como candidato a prefeito pela primeira vez. O emedebista afirma que seu vice será anunciado apenas na convenção. Recordista de votos para a Câmara Municipal nas duas últimas eleições, Cido é visto, atualmente, como um dos principais opositores ao governo de Dilador.

JÁ CONFIRMADOS

Além desses candidatos, outros dois nomes já estavam confirmados na corrida eleitoral por seus partidos políticos. O PV participará com candidatura do vereador Flávio Salatino, tendo como vice seu correligionário Edes do Baratão.

Quem também já está confirmado como candidato a prefeito é o médico Filipe Fornari (Podemos) que, em 2018, foi candidato a deputado estadual.


Compartilhe esta notícia!