Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

No início de março de 2018, um jacaré que apareceu no Centro de Lazer “João Miranda de Souza”, a popular Lagoa do Miguelão, tornou-se celebridade. Ele ganhou destaque nas redes sociais e na imprensa. Logo surgiram as discussões sobre o risco de mantê-lo no local. Alguns meses depois ele foi retirado pelo Corpo de Bombeiros e levado para um lugar adequado. Há algumas semanas a lagoa está com novos moradores. Trata-se de uma família de capivaras, animal bastante comum na região.

Moradores ouvidos pela reportagem disseram que os animais estão na lagoa há algumas semanas. Ninguém sabe como apareceu. Embora parte da área esteja sem alambrado, raramente as capivaras deixam o local. Mesmo assim, que trafega pelas vias próximas, como a avenida dois de dezembro, precisa ficar atento para não ser surpreendido e provocar acidente.

De acordo com os moradores, é comum o surgimento de animais no local. Além do jacaré, há quem diga que até mesmo uma lontra já foi vista no local. Porém, o que chama a atenção é a quantidade de aves em determinadas épocas do ano. As árvores ficam brancas com tantas aves.

Quando às capivaras, os moradores não se incomodam, já que praticamente não apresentam risco. Como no local tem bastante alimento, não precisam deixar a área para comer.


Compartilhe esta notícia!