Compartilhe esta notícia!

Mulheres de minha vida

Fábio Ricardo Ambrósio

Mulheres em vestes romanas

São Deusas soberanas de Vênus no amor

Mulher do latim´mulier’

Expressão de affair, romance e paixão

 

Mulheres que trazem no seio

O colostro da vida a um filho guerreiro

São essas de contos de fadas

Com sua coroa empunhando uma espada

 

Mulher pode ser Afrodite

Na mitologia que o céu me permite

São filhas no dom do amor

Cultura dos gregos fazendo louvor

 

Mulher no papel de irmã

É o doce da vida em cada manhã

São elas que fazem da estrada

Sinônimo de alegria em cada jornada

 

Mulheres de meu desapego

Escondem segredos de uma vida em Vinhedo

São raras com seus malfazejos

Produz tanta dor a um filho indefeso

 

Eu fiz este verso singelo

Baseado no amor e no ódio sincero

São tantas as idas e vindas

Na relva molhada ao acesso a Campinas

 

Porém, espero no amor

Sem rancor e dor, romance sincero

São grandes as chances da vida

Quando há esperança e uma vida vivida.

 

Fábio Ricardo Ambrosio


Compartilhe esta notícia!