Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES

Com as quatro semanas completas da região de Araçatuba na fase amarela, algumas cidades já agilizaram decretos municipais liberando atividades culturais, conforme preconiza o Plano São Paulo.

Em Birigui, por exemplo, o prefeito Cristiano Salmeirão (PTB) emitiu decreto liberando a realização de eventos, convenções e demais atividades. Foi a primeira cidade a fazer a liberação dentre as que pertencem à região de Araçatuba.

De acordo com as normas decretadas pela cidade, o público destes eventos não poderá ficar de pé e deverá ocupar até 40% da área destinada.

Deverá ser feito um controle de acesso do público e poderá haver venda de ingressos em bilheterias físicas, desde que haja respeito aos protocolos sanitários, como por exemplo distanciamento de pelo menos 2 metros entre as pessoas. Essa distância também vale para os acentos destinados ao público.

Os organizadores deverão exigir que colaboradores e frequentadores do evento estejam utilizando máscaras, além de disponibilizar álcool em gel a todos os frequentadores do evento em questão. Deverão ser impedidas as aglomerações e deverá haver medidas de proteção para idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas, considerados grupo de risco para a covid-19. O decreto entra em vigor a partir de hoje.

Guararapes

Já em Guararapes, segunda cidade a emitir decreto, a liberação destes eventos limita-se a duração de até 6 horas, segundo decreto municipal. O distanciamento exigido é menor do que em Birigui, de 1,5m, sendo que apresentações musicais ao vivo ainda necessitarão de aval da prefeitura. O público em pé fica proibido para evitar aglomerações.

Também foi inclusa no decreto a permissão para que escolas de idiomas, artes e informática, retomem as atividades presenciais a partir do dia 8 de setembro, com funcionamento destes locais permitido por até 8 horas.

Araçatuba

Em Araçatuba, a prefeitura também anunciou a flexibilização das atividades culturais no começo da noite de ontem, sem, porém, especificá-las.

Deverá haver hora e assentos marcados nas convenções e eventos, e os estabelecimentos da cidade especializados neste tipo de evento, como cinemas e teatros, deverão funcionar por até 8 horas diárias.


Compartilhe esta notícia!