Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

A polêmica está encerrada. Em reunião com proprietários e mantenedores de escolas particulares da educação básica da cidade, da educação infantil ao ensino médio, a Prefeitura de Araçatuba decidiu, na tarde de ontem, sobre a retomada das aulas. A decisão levou em conta o atual quadro sanitário do município e do Brasil, ocasionado pela pandemia de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. “Estamos num momento em que não temos ainda tratamento eficaz, vacina eficaz. O que temos é a vigilância dos contatos”, disse a secretária municipal de Saúde, Carmem Guariente.

De acordo com a Prefeitura, as redes municipal, estadual e privada poderão ter até 35% do número de alunos matriculados participando das atividades de reforço e recuperação. No caso da municipal, já foi decidido que este retorno será individualizado. Segundo a secretária de Educação, Silvana de Sousa e Souza, está sendo implementado um canal no Youtube, pelo qual os alunos poderão acompanhar videoaulas diárias, com conteúdo diversificado para cada série, além das outras formas já usadas para interação com professores.

Também ficou determinado que as instituições de ensino privadas terão liberdade para se organizarem, mas também respeitando o limite de até 35 % do número de alunos matriculados e com apenas atividades de reforço e recuperação, por enquanto. O limite é o mesmo para as escolas estaduais, que obedecem às decisões do governo estadual.


Compartilhe esta notícia!