Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Bancários de Araçatuba e região aprovaram em assembleia na noite desta segunda-feira (31/08) a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). O comando nacional bancário recomendou a aprovação da proposta, que consiste em reajuste de 1,5% sobre os salários de 31 de agosto de 2020 mais um abono de R$ 2.000,00. Na assembleia também foram aprovadas as propostas específicas para os funcionários do Banco do Brasil (BB) e da Caixa Econômica Federal (CEF).

A proposta da Fenaban reajusta os benefícios (vale alimentação, vale refeição, 13ª cesta alimentação, auxílio creche/babá, auxílio filhos com deficiência, auxílio funeral) pela inflação do INPC, estimada  em 2,65%. O mesmo percentual vale para a participação nos lucros e resultados (PLR), cujas regras serão mantidas.

Para 2021, a proposta aprovada na assembleia garante para todos os salários  reposição pelo INPC e aumento real de 0,5% para salários e demais verbas, assim como para os valores fixos e tetos da PLR. Também serão mantidas nos próximos dois anos  todas as cláusulas da convenção coletiva anterior.

Todas as conquistas aprovadas na assembleia serão aplicadas a partir de 1º de setembro, data-base da categoria. O comando nacional bancário resistiu às intransigências da Fenaban por 14 rodadas de negociações até arrancar a proposta aprovada.

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários de Araçatuba e Região, José Geraldo Fogolin, diante da atual conjuntura, peculiar pela pandemia de covid-19, e das incertezas para o futuro próximo, a proposta apresentada pela Fenaban é satisfatória e a categoria mostrou maturidade ao aprová-la.


Compartilhe esta notícia!