Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ANDRADINA

Desde o último final de semana está em vigor em Andradina decreto publicado e assinado pela prefeita Tamiko Inoue (PSDB) instituindo o “Toque de Recolher” no município, que proíbe a circulação de pessoas dentro de um período de 7 horas entre o final da noite e toda a madrugada. A intenção do decreto é diminuir as aglomerações, possíveis focos de contágio da covid-19.

Por conta do aumento de casos nas últimas semanas – Andradina tem até aqui 451 casos e 8 mortes por conta do novo coronavírus – a prefeitura de Andradina instituiu decreto proibindo a livre circulação nas ruas do município entre 23h e 6h, sendo permitido somente o deslocamento de pessoas que comprovadamente estejam trabalhando neste horário. Também foi vedado o funcionamento de estabelecimentos comerciais e de serviços neste horário.

O decreto também proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos em qualquer período do dia ou da noite. A proibição se estende, de igual modo, a fumantes do cachimbo narguilé e aos consumidores de qualquer tipo de bebida tomada em recipiente compartilhado e que o façam em local público.

Restaurantes, sorveterias e similares, só podem atender ao público presencialmente até às 22h30, sendo que após isso só podem funcionar em delivery. Já os bares e conveniências devem encerrar o atendimento presencial até às 18h.

Caso não cumpram a determinação, os estabelecimentos comerciais estarão sujeitos a multa imposta pela administração. Já as pessoas que não cumprirem serão abordadas pela Polícia Militar, que fará a coleta dos dados e posterior envio para a prefeitura. Poderá haver multas também neste caso.

O “Toque de Recolher” em Andradina foi recomendado pela promotoria e será válido até o dia 13 de setembro no município.


Compartilhe esta notícia!