Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A período da quarentena mais rígida em todo o estado, que obrigou empresários a fecharem as lojas e indústrias da região por várias semanas e meses, fez crescer a necessidade da intensificação das vendas on line, o chamado e-commerce, para que os serviços pudessem se manter ativos mesmo durante a crise na saúde pública. Segundo o diretor do SENAI Araçatuba, Tarso Tristão da Silva, a procura por estes serviços aumentou até 80% neste ano.

Esta necessidade fez aumentar a procura por profissionais da área de tecnologia no mercado e com isso veio uma constatação: a de que faltam trabalhadores qualificados para a função.

As indústrias de calçado e vestuário de Birigui, por exemplo, foram algumas das que mais procuraram trabalhadores capacitados para o desenvolvimento de páginas na web e sistemas de venda on line para seguirem com seus negócios e tiveram dificuldade para encontrar profissionais específicos para a atividade.

De acordo com o diretor do SINBI, o Sindicato das Indústrias de Birigui e região, Samir Nakad, as empresas notaram esta necessidade principalmente durante o período da pandemia. “É algo que está sendo descoberto pelas empresas recentemente, então eventualmente as empresas não sabem que precisam, mas isso é algo que está crescendo no nosso meio e, certamente, se elas ainda não sentiram essa necessidade, mais cedo ou mais tarde vão perceber que precisam efetivamente de gente preparada para a área tecnológica, com formação para poder contribuir para que as empresas possam passar esse momento e principalmente prosperar em um futuro próximo”, explanou o diretor do sindicato.

Segundo com o diretor do SENAI Araçatuba, Tarso Tristão da Silva, apesar da crise na saúde pública ter provocado perdas econômicas em todo o mundo, na região há muitas vagas de trabalho que precisam de qualificação.

Como diretor de uma instituição que trabalha com qualificação profissional, Tarso explica que muitas empresas buscas no SENAI profissionais específicos para várias áreas e o setor de tecnologia, por exemplo, registrou um aumento de até 80% na procura no período de pandemia. “O que nós observamos no mercado de trabalho é que existem sim diversas oportunidades, porém o que falta são profissionais capacitados. O mercado de trabalho, ou melhor, as tecnologias hoje avançam em uma velocidade muito grande e o mercado de trabalho acompanha isso e os profissionais também têm que acompanhar isso, então se o profissional não estiver devidamente capacitado, não tiver as competências exigidas pelo mercado de trabalho, ele fica de fora de uma boa oportunidade”, explicou o diretor do SENAI Araçatuba.

De acordo com o diretor do SINBI, Samir Nakad, a área tecnológica é muito importante para o desenvolvimento das empresas de calçado de Birigui, bem como de todas as outras, e a formação na área pode render bons frutos ao profissional. “A área de tecnologia é uma área de suma importância para todos os seguimentos empresariais, então naturalmente a indústria do calçado precisa sim de pessoas competentes, com formação tecnológica para poder contribuir para que as empresas ganhem eficiência e com isso maior competitividade no mercado”, afirmou.

Desenvolvedor Web Fullstack

A principal demanda de profissionais para empresas da região no setor de tecnologia foi para a função de desenvolvimento de páginas na internet e sistemas de venda on-line. Por conta disso, o SENAI Araçatuba lançou um curso de desenvolvedor web fullstack, que busca preparar profissionais para esta nova faceta do mercado de trabalho.

“Nós percebemos que existe deficiência aqui na região de profissionais para desenvolvimento de páginas e sistema web, então nós lançamos um novo curso de Desenvolvedor Web Fullstack, que é um profissional completo, que pode desenvolver uma página de ponta a ponta, com toda a parte de banco de dados, enfim. Então esse profissional fullstack ele é capaz de desenvolver tudo isso e entregar uma solução completa para o seu cliente”, explicou Tarso da Silva.

A grande necessidade observada foi por conta do e-commerce, que fez com que muitas empresas buscassem especialistas na área de tecnologia. “Essa pandemia acelerou essas mudanças e as empresas precisavam montar e-commerce, precisavam montar sistemas e páginas web rapidamente, e faltava esse profissional”, contou o diretor do SENAI.

O curso de Desenvolvedor Web Fullstack tem duração de 18 meses (1 ano e meio) e será ministrado no formato semipresencial, com 80% das aulas on line e 20% presenciais, no polo do SENAI Araçatuba. O aluno poderá escolher o dia das aulas presenciais entre quinta-feira, no período noturno, ou aos sábados. A carga horária do curso é de 1.000 horas.

Inscrições

O período de inscrições para o novo curso está aberto até o próximo dia 24 de agosto, segunda-feira, e elas podem ser feitas pelo site aracatuba.sp.senai.br, ou pelo telefone (18) 3519-3200. O polo do SENAI Araçatuba fica na rua Bartolomeu de Gusmão, 150, no bairro Aviação.


Compartilhe esta notícia!