Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Aconteceu na manhã de ontem (14), o primeiro procedimento de quimioembolização hepática no Hospital Unimed Araçatuba. Essa é uma técnica minimamente invasiva, indicada para o tratamento dos tumores do fígado e pode ser realizada juntamente com a quimioterapia sistêmica ou em conjunto com o tratamento cirúrgico, beneficiando um grande grupo de pacientes.

“A quimioembolização é a combinação da injeção local de medicamentos de quimioterapia com o procedimento de embolização para tratar o câncer, proporcionando uma grande concentração diretamente na área sem expor todo o corpo” explica o médico radiologista intervencionista, Dr. Tales Vieira Cavalcanti Albuquerque, que realizou o procedimento.

A alta tecnologia da quimioembolização faz com que o tumor diminua de tamanho, sem efeitos colaterais sistêmicos do quimioterápico como a queda do cabelo, pois o tratamento é local, propiciando ao paciente menor tempo de internação e melhor qualidade de vida.

 

Inédito

É a primeira vez que o procedimento acontece em Araçatuba e só foi possível devido À estrutura moderna e segura que existe na Hemodinâmica do Hospital Unimed Araçatuba. Para o médico oncologista Dr. Bruno Guilherme Kersten, oferecer segurança neste tipo de procedimento é primordial para o sucesso do tratamento.

“Apesar de ser minimamente invasivo, a quimioembolização requer cuidados especiais e uma estrutura adequada para realização. É muito bom saber que temos em Araçatuba um hospital que proporcione realizar este trabalho com segurança e o doutor Tales Vieira Cavalcanti Albuquerque agregando ainda mais com uma nova especialidade médica”, finaliza o doutor Bruno Guilherme Kersten.


Compartilhe esta notícia!