Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Além de Araçatuba, as regiões de Bauru, Campinas, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, Sorocaba e Taubaté avançaram para a fase amarela do Plano.

Com a atualização, 86% da população do estado está em regiões localizadas na fase amarela. A capital, as sub-regiões Sudoeste, Sudeste e Leste da Grande São Paulo, a Baixada Santista e Araraquara permanecem na etapa amarela.

Apenas as regiões de Franca e Registro continuam na zona vermelha, com comércio não essencial completamente restrito. Na região de Franca, o índice de ocupação das UTIs dos hospitais é de 84,7%, considerado de alto risco pelo Centro de Contingência da Covid-19 do estado.

Já a sub-região Oeste da Grande São Paulo regrediu para a fase laranja, onde permanecem as regiões de Barretos, Presidente Prudente, São José do Rio Preto e sub-região Norte da Grande São Paulo.

A quarentena foi prorrogada no estado de São Paulo até o dia 23 de agosto. “Estamos passo a passo, com muito cuidado, com muita segurança, sem precipitação, sem politização, vencendo gradualmente o coronavírus no estado de São Paulo”, disse o governador João Doria. “Esta é uma ótima notícia para mais de 15 milhões de brasileiros que vivem em São Paulo nestas nove regiões. Mas isto, obviamente, não deve significar nenhum relaxamento contra o coronavírus, nenhum relaxamento com as medidas restritivas de cuidados pessoais. Qualquer descuido pode ser fatal”, completou o governador.

Queda nos óbitos e internações no estado

O governo também anunciou uma queda de 8% no número de óbitos em todo o estado de São Paulo. Os novos índices trazer 1.719 óbitos por conta do novo coronavírus, contra 1.870 mortes na semana anterior, 151 vítimas a menos.

Houve também queda de 2,5% no número de internações. Foram 323 pessoas a menos colocadas em tratamento hospitalar nesta semana, com 12.551 internações. Na semana anterior o número de internados havia sido de 12.874.

 

 


Compartilhe esta notícia!