Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Está permitida a partir do dia 1º de agosto, a volta do corte de energia elétrica para consumidores residenciais e rurais que estejam inadimplentes. Deste o começo do mês de abril, durante quatro meses os cortes estavam suspensos por conta da quarentena imposta para tentar conter a pandemia da covid-19, os cortes estavam proibidos como forma de ajuda aos consumidores que tiveram perda de renda durante o período.

A ANEEL, Agência Nacional de Energia Elétrica, decidiu também manter a proibição de cortes de energia por falta de pagamento para os consumidores classificados como Baixa Renda enquanto durar o estado de emergência da pandemia. Conforme o Decreto Legislativo nº 6/2020, esse prazo atualmente vai até o final de 2020.

Na região de Araçatuba, a CPFL Paulista, empresa concessionária do fornecimento de energia elétrica, está orientando aos consumidores inadimplentes para que procurem os canais digitais da empresa para negociem a dívida e evitem o corte.

De acordo com Kléber de Almeida Araújo, consultor de negócios da CPFL Paulista, a empresa não faz o corte diretamente, antes é enviado um aviso para que o cliente tome providências. “Como a resolução 878/2020 da ANEEL se encerra agora dia 31 de julho, onde ela determinava que era proibido o corte do fornecimento de energia para os devedores de energia dos consumidores residencial e rural, a partir do dia 3 de agosto, nós retornaremos ao corte de energia elétrica para aqueles consumidores que têm débito com a CPFL. Primeiramente estaremos avisando através de carta a inadimplência desses consumidores e posteriormente se reiniciará o corte”, afirmou em entrevista à reportagem da Clube FM 96,3 e do jornal O LIBERAL REGIONAL.

O consultor de negócios da empresa de energia informa que o consumidor pode entrar nos canais digitais da CPFL para parcelar a dívida e manter o fornecimento. “Os consumidores que estiverem com débito junto à CPFL, eles devem procurar imediatamente nossos canais digitais de atendimento, temos aí o cpfl.com.br, onde nós temos mais de 30 serviços, sendo um deles o parcelamento dessa energia no qual o consumidor deve. Temos também o APP CPFL Energia, ele pode estar baixando no seu celular, onde também temos a opção deste cliente estar podendo negociar as suas dívidas junto ao grupo CPFL”, explicou Kléber Araújo, que continuou dizendo que o cliente poderá utilizar o PicPay para realizar o pagamento, ou então o cartão de débito virtual do Auxílio Emergencial do Governo Federal.

O consumidor da região de Araçatuba pode tirar dúvidas através do e-mail parcelamentob@cpfl.com.br <mailto:parcelamentob@cpfl.com.br>, encaminhando o código 27351, que corresponde a unidade consumidora, onde a empresa informará sobre débitos, dívidas e outras informações. “É importante vocês procurarem o nosso canal de atendimento para poder negociar, nós estamos abertos à negociação, você pode pagar tanto em 12 vezes pela bandeira Visa ou Mastercard no cartão de crédito, como também negociar através do boleto bancário, então é importante agora neste momento, todos os consumidores que têm débito junto à concessionária, procurar nossos canais de atendimento para esta negociação”, completou o consultor de negócios.

 

A CPFL Paulista não informou o número de consumidores na região de Araçatuba que estão inadimplentes. A empresa atua na distribuição de energia para 234 municípios no interior do Estado de São Paulo, incluindo Araçatuba, atendendo cerca de 4,5 milhões de consumidores nestes locais. O prazo de concessão do serviço termina em 2027.


Compartilhe esta notícia!