Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Há exatamente um ano, o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges (PSDB), fez chegar aos ouvidos da população, por meio de suas redes sociais e divulgações feitas pela assessoria de imprensa da Prefeitura, que o município teria um Hospital Veterinário para atendimento de animais de pequeno porte.

Desde a data do anúncio, em 26 de julho de 2019, dias, semanas e meses se passaram e a promessa de Dilador não saiu do papel. Na ocasião, o chefe do Executivo se aproveitou de uma promessa do governo do Estado de São Paulo para levar aos araçatubenses a ilusão de que sua interferência e pseuda importância política seriam responsáveis por tal investimento que, até o momento, não saiu do papel.

“Recebi há pouco uma ligação da assessora técnica da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Governo do Estado, Giovanna Tripoli, nos comunicando que Araçatuba será contemplada. O Hospital Público Veterinário tem o objetivo de atender gratuitamente animais de pequeno porte”, escreveu Dilador em suas redes sociais na ocasião. “Daremos mais informações em breve, pois a Giovanna virá em nossa cidade para nos passar detalhes dessa nova conquista. Agradeço desde já ao governador João Dória, que está fazendo um grande trabalho”, finalizou.

A promessa feita aos araçatubenses pelo prefeito Dilador Borges, foi de que Araçatuba seria uma das cidades integrantes do programa “Meu Pet”, anunciado como um feito inédito e que daria apoio a ações e serviços voltados à defesa e saúde dos animais domésticos, incluindo vacinação e adoção responsável.

Pela proposta, Araçatuba já deveria ter recebido investimentos de R$ 3,2 milhões na construção e com equipamentos do hospital, que ofereceria a cães e gatos serviços gratuitos como consultas veterinárias, cirurgias e exames de ultrassom, raio-x e endoscopia. A estrutura, com salas cirúrgicas para realização de procedimentos, teria construção de 480 metros quadrados.

O tempo passou e Araçatuba até o momento não viu nem sinal da construção de um hospital veterinário para pequenos animais. A promessa, alardeada aos quatro cantos por Dilador, entra para a lista de mais uma das promessas que foram anunciadas pelo chefe do executivo e que não viraram realidade.

Enquanto isso, Araçatuba segue dependente, em especial, da Faculdade de Veterinária da Unesp (Universidade Estadual Paulista), que tem ajudado e para onde recorre a população quando precisa de cuidados para seus bichos de estimação.

Um ano se passou e nem o que Dilador divulgou desde que assumiu o mandato virou realidade. E o chefe do Executivo municipal, que daqui a poucos dias pedirá votos à população em sua campanha eleitoral, sequer voltou às suas redes sociais para explicar por qual motivo o Hospital Veterinário de Araçatuba não passou de palavras ao vento.


Compartilhe esta notícia!