Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Se antes da pandemia de Covid-19 os cuidados na preparação e manuseio de alimentos já eram necessários, agora, mais do que nunca, é essencial assegurar à população uma alimentação com total garantia de condições higiênico-sanitárias fora do lar.

Ainda que as regras de flexibilização da quarentena estejam variando semana a semana e impedindo os restaurantes de voltarem à atividade, os estabelecimentos que oferecem refeições e alimentos via delivery estão a todo vapor. Por isso, a recomendação dos profissionais da área é: utilizar cada vez mais as boas práticas de higiene para evitar qualquer tipo de contaminação que acarrete prejuízo aos proprietários e clientes.

Para a especialista em Gastronomia e Gestão em Serviços de Alimentação e docente do Senac Araçatuba, Thaís Palhota, é preciso seguir à risca os requisitos das legislações dos órgãos fiscalizadores do segmento. “Alimentos devem ser seguros para os consumidores e essa segurança pode ser obtida com a aplicação intensificada da higienização das mãos, ambientes, equipamentos e utensílios; higiene e conduta pessoal dos trabalhadores envolvidos; controle de matéria-prima; fluxo de produção e transporte”, explica a nutricionista.

Além disso, com a nova realidade em que vivemos, os empresários do ramo devem ficar atentos também a outros fatores que podem ajudar a manter seus negócios em bom funcionamento. Entre eles, o foco na experiência e satisfação do cliente. “A partir dessa pandemia, as empresas deverão desenvolver um olhar mais atento à questão da segurança dos alimentos e a excelência em serviços será um importante fator de convencimento na hora de escolher o local que uma família pedirá sua comida, por exemplo”, conclui a docente.


Compartilhe esta notícia!