Home Cidades Araçatuba Médica Veterinária dedica 1º lugar em mestrado ao pai falecido em 2019

Médica Veterinária dedica 1º lugar em mestrado ao pai falecido em 2019

6 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O Unisalesiano é presente na vida da médica veterinária Cíntia Rodrigues da Silva, de 23 anos, há muito tempo. Isso porque o pai, Sinval Rodrigues da Silva, trabalhou por mais de 20 anos na UNA (Universidade Aberta da Melhor Idade), que é um Departamento do Centro Universitário.

Por conta dessa ligação, e do sonho em cuidar dos animais, Cíntia conseguiu uma bolsa de estudos e se formou, em dezembro de 2019, em Medicina Veterinária. Não bastasse ter o diploma em mãos, a jovem conquistou o 1º lugar no mestrado em Reprodução Animal, da Unesp (Universidade Estadual Paulista), de Jaboticabal. Esse feito ela dedica ao pai, que faleceu, no ano passado, vítima de câncer.

Confira a entrevista de Cíntia, considerada integrante da série “Casos de Sucesso”, do Unisalesiano:

 

– Por que escolheu a Medicina Veterinária? Como avalia o curso do Unisalesiano?

Cíntia – Desde pequena, meu sonho sempre foi fazer Medicina Veterinária pelo amor aos animais. O curso do Unisalesiano é sensacional, pois tem professores novos e atualizados, aulas práticas, um hospital veterinário muito bem equipado.

-Quando optou pelo mestrado e pela área?

Ainda na graduação, por contato de duas ex-professoras da Medicina Veterinária, Nathália Frigoni e Beatriz Leão, eu comecei a fazer estágio em um laboratório de reprodução da Unesp Araçatuba. Fiquei 3 anos lá, fiz projeto de iniciação científica com bolsa e me apaixonei pela pesquisa. No ano passado, eu tive uma série de problemas pessoais e não consegui me organizar para entrar no mestrado, no primeiro semestre de 2020. Então, consegui entrar só agora no segundo semestre. O mestrado é no mesmo lugar onde fiz estágio na graduação, neste laboratório.

 

Em relação ao tema, desde o projeto de iniciação científica, eu me afeiçoei muito em pesquisa na área de reprodução animal, especificamente na área de produção in vitro de embriões bovinos. E surgiu a oportunidade de me inscrever para o mestrado, ingressando no segundo semestre de 2020. Minha orientadora, a Prof.ª Dra. Gisele Zoccal Mingoti, me incentivou a escrever um projeto de pesquisa muito bem elaborado, que resultou no 1º lugar da seleção.

 

– Quais são suas expectativas e o que espera do futuro?

 

-s expectativas são de descobrir novos métodos de melhorar as taxas de produção in vitro de embriões bovinos durante a minha pesquisa. Eu espero aprender bastante e, um dia, poder passar o conhecimento a outras pessoas, pois um dos meus sonhos também é dar aula em universidades.

 

-Dedica essa conquista a alguém?

 

– Nada disso seria possível sem a presença do meu pai, Sinval Rodrigues da Silva. Ele foi funcionário por anos do Unisalesiano, ficava na UNA, e no ano passado, 2019, faleceu de câncer. Meu pai trabalhava e, consequentemente, eu recebia bolsa integral para estudar no UniSALESIANO, pois sem essa bolsa eu não me formaria como médica veterinária por não possuir condições financeiras. Se hoje estou aqui, ingressando no mestrado, foi graças ao esforço e dedicação dele como funcionário da Instituição. Por isso me orgulho tanto de ter me formado como bolsista no Unisalesiano.

A4 Cintina Unisalesiano


Compartilhe esta notícia!