Compartilhe esta notícia!

 

DA REDAÇÃO – GUARARAPES

Na terça-feira (7) foi publicado decreto assinado pelo governador João Doria declarando de utilidade pública áreas necessárias para a desapropriação na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), administrada pela Concessionária ViaRondon e sob regulação da ARTESP – Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo. A desapropriação será necessária para a construção de um novo dispositivo na Rodovia Marechal Rondon, em Guararapes.

Com a publicação do documento, a concessionária ViaRondon pode iniciar as negociações para a liberação das áreas na altura do km 558+900m. A desapropriação desse trecho visa à construção de um viaduto, alças e rotatórias pavimentadas, sistemas de drenagem e implantação de sinalização. O disposito será construído antes do pedágio de Rubiácea.

A reportagem apurou que o imvestimento previsto na execução desta obra é da ordem de R$ 12.086.910,96. A área de desapropriação inclui aproximadamente 16 mil metros quadrados e a conclusão da obra está

prevista para março de 2021.

 

REIVINDICAÇÃO ANTIGA

A construção deste dispositivo – viaduto, rotatórias e acessos – é uma antiga reindicação das autoridades de Guararapes e vai atender principalmente a maior empresa do município, a Katayama Alimentos, que é muito importante para a economia da cidade. Além disso, o fluxo de veículo diário é muito elevado.

A Katayama figura entre as maiores indústrias avícolas do país e já trilhou quase 80 anos de história. Com uma estrutura moderna, automatizada, habilitada para exportação, inclusive para o exigente mercado japonês. Produz ovos brancos, vermelhos, enriquecidos, de codorna e líquidos pasteurizados, mantendo todos os lotes rastreáveis. A previsão para 2020 é de 1 bilhão de ovos.


Compartilhe esta notícia!