Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – LINS

Depois de mais de dois meses de investigação, a Policia Civil de Lins prendeu H.S.S. 21 anos, acusado de atropelar e matar o policial militar rodoviário Hércules Demétrio Pereira, de 45 anos. O crime ocorreu no dia 28 de abril desse ano, na Rodovia Marechal Rondon, em Guaiçara. HSS dirigia uma Parati com mais de 300 quilos de maconha e tentou fugir da abordagem. Além de Demétrio, o subtenente Fausto Santos também foi atingido e teve ferimentos leves, A prisão foi na tarde dessa quarta-feira (8), em Três Lagoas, onde o rapaz residia. A polícia de Lins teve a colaboração de policiais de Três Lagoas.

Desde o dia do acidente, a Polícia Civil de Lins iniciou as investigações para identificar e prender o autor do atropelamento. Os trabalhos foram desenvolvidos pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Centro de Inteligência Policial (CIP) da Delegacia Seccional de Polícia de Lins. Os policiais admitem que foram muitas horas de exaustivos trabalhos, mas que o final foi positivo com a prisão de HSS, que acabou confessando o crime.

De acordo com a polícia, com a identificação do autor e os possíveis endereços, desde terça-feira equipe da Polícia Civil de Lins estava em Três Lagoas. Com apoio de equipes policiais locais, foram feitas várias diligências. O rapaz foi preso na Vila Alegre. Além da prisão, os policiais cumpriram três mandados de busca e apreensão,

O delegado Ailton Pereira de Freitas informou que HSS confessou o crime,

 

RELEMBRE O CASO

 

Na tarde de terça-feira (28/04/2020), por volta das 17h, dois policiais rodoviários do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) de Araçatuba (SP) foram atropelados no km 454 da rodovia Marechal Rondon (SP-300), próximo a Usina Renuka, em Guaiçara SP).

 

Os policiais realizavam fiscalização de rotina e, ao darem ordem de parada ao automóvel Parati com placas FBM-0466 (Leme-SP), o motorista não obedeceu e atropelou os dois policiais.

 

O subtenente Fausto Benedito dos Santos sofreu escoriações. Já o cabo Hércules Demétrius Pereira foi socorrido até a Santa Casa de Lins, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

 

O motorista da Parati abandonou o veículo no trevo que liga a Marechal Rondon com a cidade de Guaiçara, fugindo a pé no meio de canaviais.

Durante revista no veículo, os policiais localizaram quase 400 kg de maconha. (Com informações de William Abdalla)

 

A7 Demétrio

 


Compartilhe esta notícia!