Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

No início da madrugada desse sábado (4), policiais militares prenderam um auxiliar geral de 25 anos e um ajudante de pintor de 20 anos, que eram sócios em um ponto de venda de drogas no conjunto habitacional Porto Real. Além da droga, os policiais apreenderam dinheiro e materiais para embalagem do entorpecente.

De acordo com o boletim de ocorrência, os PMs faziam patrulhamento pelo conjunto habitacional e ao passaram pela Rua Pedro Moreno, viram uma pessoa em pé, na calçada. Ao perceber a viatura policial, o rapaz assustou-se e correu para o interior do imóvel. Os policiais desembarcaram e correram atrás suspeito, quando viram ele dispensando um saco plástico, em um num corredor interno.

O rapaz, que é ajudante de pintor, foi alcançado no mesmo corredor, no interior da residência. No imóvel estava também o auxiliar geral. A dupla foi revistada e com o ajudante de pintor os policiais encontraram uma nota de R$ 50. No bolso da bermuda do outro acusado havia R$1.224 e sob a cueca, uma porção grande de maconha.

No saco plástico deixado no corredor da casa, os policiais encontraram 34 pinos contendo cocaína, nos quais continham etiqueta com estampa de cavalo. No quarto da residência, em meio a roupas que estavam amontoadas no chão, havia mais 20 porções de maconha envoltas em filme plástico. Já na sala, dentro de um rack, foi localizada uma balança digital, um saco plástico contendo centenas de microtubos plásticos vazios e duas cartelas contendo etiquetas adesivas com estampas de cavalo, idênticas às encontradas nos microtubos apreendidos.

A dupla confessou parceria na venda das drogas e ambos foram presos em flagrante ficando à disposição da Justiça.


Compartilhe esta notícia!