Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A Santa Casa de Araçatuba divulgou ontem a morte de Camile Miguel Vítor, de 33 anos, de Santo Antônio do Aracanguá. Ela, que é prima do prefeito Rodrigo Santana, que faleceu na última sexta-feira, é mais uma vítima da covid-19 na região. O chefe do executivo também morreu por conta da doença.

Camile foi internada na Santa Casa apenas 3 dias depois de seu primo, que ficou no Hospital da Unimed. Ela estava em estado grave utilizando um leito de UTI e ventilação mecânica e acabou não resistindo. Sua morte foi confirmada às 15h20 de ontem.

A prima do prefeito foi a quarta vítima fatal da covid-19 em Aracanguá, local onde mais de 40 pessoas já foram infectadas.

Ocupação

A Santa Casa de Araçatuba também divulgou na tarde de ontem em seu boletim diário que tem 64% de ocupação nos leitos dedicados à covid-19.

Entre casos suspeitos e confirmados da doença, são 44 pacientes internados no local. Atualmente, a Santa Casa dispõe de 68 leitos entre enfermaria e UTI.

São 32 pessoas internadas nos 49 leitos de isolamento, enquanto outras 12 pessoas ocuparam os 19 leitos de UTI disponíveis.

A Santa Casa atende pacientes de Araçatuba e outros 40 municípios da região.

Já no Hospital da Unimed, mais de 79% dos leitos estão ocupados. O espaço particular, que já está em plano de contingência e conta com 29 leitos disponíveis para tratamento do novo coronavírus, sendo 17 de enfermaria e 12 de UTI, está atualmente com 23 pacientes internados no local.

Entre suspeitos e confirmados, são 15 pacientes nos leitos de isolamento, e outros 8 nos leitos de UTI.

Araçatuba

O município de Araçatuba registrou a vigésima morte por conta da covid-19 no último boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica na tarde desta terça-feira. A cidade registra agora o número redondo de 700 casos positivos de coronavírus desde o início da pandemia.

A última pessoa a falecer em Araçatuba por conta da covid-19 foi um idoso de 80 anos de idade, que estava internado na Santa Casa desde o dia 20 de junho e faleceu na tarde da última segunda-feira, antes da Vigilância fechar o boletim sobre a covid-19 naquele dia.

Do final da tarde de segunda até o final da tarde de ontem, Araçatuba registrou mais 40 casos confirmados da doença, passando de 660 para 700 casos positivos. Outras 379 pessoas com suspeita da doença ainda aguardam resultados dos exames realizados.

Dos 700 contaminados pelo novo coronavírus, 350 já estão curados da doença. Outros 51 pacientes estão, neste momento, internados.

Destes 51 internados, 32 estão na Santa Casa de Araçatuba, sendo 22 em enfermaria, 2 em leito de UTI, e outros 8 em leitos de UTI com a utilização da ventilação mecânica. Os outros 19 internados estão no Hospital da Unimed, sendo 13 na enfermaria, 1 na UTI e 5 na UTI com ventilação mecânica.

Zona norte lidera casos

Após pedidos feitos por munícipes, a Vigilância Epidemiológica de Araçatuba divulgou um levantamento sobre a incidência de casos nas regiões da cidade e constatou que a zona norte é a que mais registrou casos do novo coronavírus até o momento.

Foram 221 pacientes infectados, ou 31,5% dos casos registrados no município, nos bairros Monterrey, Vila Aeronáutica, Águas Claras, Amizade, Nossa Senhora Aparecida, Manoel Pires, Paraíso e TV.

Foram outros 160 casos registrados na região central de Araçatuba, em bairros como Vila Mendonça, Icaraí, Vila Nova, Jardim Brasília, Santo Antônio e Vila Santa Maria, ou 22,8%.

A região leste da cidade aparece em terceiro lugar entre as mais infectadas com 118 casos, ou 16,8% do total. Estes pacientes com diagnóstico positivo estão nos bairros Água Branca, Concórdia, Hilda Mandarino, Ivo Tozzi, Pinheiros, Vicente Grosso, Vista Verde e Alvorada.

São ainda 102 casos registrados, ou 14,5%, em bairros da zona oeste como São José, São Vicente, Mão Divina, Palmeiras, Aclimação e Boa Vista.

Já bairros como Jussara, Lago Azul, Pedro Perri, Guanabara, Iporã, Nobre Ville, Ouro Preto, Jardim Moreira e Clóvis Picolotto, que ficam na zona sul de Araçatuba, registraram até agora 58 casos de covid-19, 8,2%.

A zona rural de Araçatuba tem até agora apenas 6 casos positivos.


Compartilhe esta notícia!