Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Nesta terça-feira é o último dia de prazo para os contribuintes entregarem o Imposto de Renda Pessoa Física 2020. O prazo, que se encerraria no dia 30 de abril, foi estendido em dois meses por conta da pandemia do novo coronavírus e se encerra às 23h59 neste dia 30 de junho.

Em Araçatuba, quase 17% dos contribuintes ainda não haviam feito a declaração até às 23h59 do último domingo, dia 28, segundo dados enviados pela Receita Federal. São esperadas neste ano, 42.389 declarações, 1.752 a mais do que no ano de 2019. Até domingo, 35.304 documentos haviam sido entregues por contribuintes do município, o que representa pouco mais de 83%.

Em toda região da delegacia da Receita Federal de Araçatuba, que abrange 84 municípios, são esperadas quase 200 mil declarações. 199.332 contribuintes precisam acertar as contas com o leão neste ano. Até, 171.555 já o fizeram, o que corresponde a cerca de 86% do total de declarações esperadas.

Em Andradina, grande parte dos contribuintes já havia acertado as contas com o leão até a noite do último domingo, antepenúltimo dia para a entrega dos documentos. Das 11.083 declarações esperadas no município, 9.651 já haviam sido entregues, ou seja, mais de 87% do total.

O cenário encontrado no município de Penápolis é o mesmo observado no geral de toda a delegacia da Receita de Araçatuba, onde pouco mais de 85% dos contribuintes também já tinha enviado os documentos à Receita até a noite de domingo. 9.956 declarações já foram entregues no município de um total de 11.639 esperadas.

O município de Lins é outro que está na media de região. Faltam cerca de 15% das declarações a serem entregues pelos linenses. Dos 16.139 documentos esperados, 2.284 ainda não foram entregues pelos munícipes.

Em Guararapes, mais de 91% das declarações já foram entregues; bem como 84% dos documentos já foram computados em Mirandópolis. Mais de 89% dos contribuintes já fizeram a declaração em Castilho; mesmo índice das entregas em Valparaíso.

No estado de São Paulo são aguardadas mais de 10 milhões de declarações e até a noite do último domingo, haviam sido entregues pouco mais de 8,6 milhões. Pouco mais de 16% dos paulistas ainda precisavam acertar suas contas nos últimos dias do prazo.

Mato Grosso do Sul

Até a manhã do último domingo, dia 28, a Receita Federal ainda aguardava mais de 90 mil declarações de contribuintes sul-matogrossenses. Em todo o estado, são esperadas 450 mil declarações, e até este prazo, 359 mil haviam sido entregues.

O município de Três Lagoas aparecia até então com cerca de 20,2 mil declarações entregues, outras 34,3 mil foram entregues por moradores de Dourados, além de mais de 150 mil declarações de habitantes da capital Campo Grande.

Quem deve declarar

Quem obteve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano passado está obrigado a declarar o Imposto de Renda 2020 (ano-base 2019) até hoje. Quem não tiver renda, mas possuir bens ou direitos, até 31 de dezembro de 2019, acima de R$ 300 mil também deve prestar contas.

 

Como nos anos anteriores, o contribuinte pode escolher fazer a declaração com o desconto simplificado de 20% ou pelo modelo completo, que permite descontar os gastos com dependentes, saúde, educação e previdência complementar.

 

O limite de dedução por dependente, na declaração deste ano, é de R$ 2.275,08. Já o teto do desconto para as despesas com instrução, seja do contribuinte ou do dependente, é de R$ 3.561,50. Este ano não será mais possível deduzir despesas com empregados domésticos.

 

O contribuinte deve exigir que as empresas e instituições financeiras forneçam os documentos necessários para preencher a declaração. Nesta lista estão os extratos de contas bancárias e de investimentos, informes da folha de pagamento e recibos de despesas com saúde e educação.

Como fazer

O programa gerador <https://receita.economia.gov.br/interface/cidadao/irpf/2020/download/windows&gt; da Declaração de Imposto de Renda 2020 está disponível para ser baixado no computador ou notebook na página da Receita Federal <https://investnews.com.br/tag/receita-federal/&gt;, receita.fazenda.gov.br ou baixar o app Meu Imposto de Renda no tablet ou celular.

 

Antes de começar, tenha em mãos todos os documentos que você vai precisar para preencher a declaração: documentos pessoais seus e de dependentes, comprovante de residência e comprovantes de rendimentos e despesas dedutíveis com os dados completos de quem forneceu o serviço.

Quem perder o prazo da entrega está sujeito a uma multa de R$ 165,74, limitada a 20% do imposto devido.


Compartilhe esta notícia!