Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Faltando 5 dias para o encerramento do prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2020, cerca de 25% dos contribuintes das regiões de Araçatuba e Andradina ainda não acertaram as contas com o leão.

De acordo com dados divulgados pela Receita Federal, até às 23h59 da última terça-feira, dia 23, nos 84 municípios da delegacia da Receita de Araçatuba, haviam sido entregues 150.002 declarações. A expectativa de recebimento nestes municípios é de 199.332. Faltavam, portanto, 49.330 declarações a serem entregues.

O prazo de entrega da declaração foi esticado em dois meses neste ano em razão da pandemia do novo coronavírus. Portanto, os contribuintes estão tendo também os meses de maio e junho para fazer a declaração. O período de entrega se encerra às 23h59 do dia 30 de junho, terça-feira.

As principais cidades da região estão com índices parecidos quanto ao IR 2020. Araçatuba é a que tem maior déficit até agora, com 30.092 declarações entregues até a noite de terça, quando são esperadas 42.389 no município este ano, o que dá 70,99% dos contribuintes em dia.

Na sequência vem Penápolis, onde até na última terça-feira 8.510 pessoas fizeram a declaração. No município são esperados 11.639 entregas, o que significa que 73,11% dos contribuintes já fizeram.

Em Birigui, 75,23% entregaram a declaração até o dia 23. São esperadas 18.365 pessoas prestando contas e 13.817 já o fizeram.

Lins tem um índice parecido. Foram 12.204 declarações entregues até terça-feira, para uma expectativa de 16.139. 75,6% dos declarantes já estão em dia.

Andradina é o município que tinha mais prestações realizadas, dentre os citados, com um índice de 76,3%. Foram 8.460 declarações entregues. São esperadas 11.083 neste ano.

São Paulo

De todo o estado de São Paulo, a Receita Federal espera receber 10.295.234 declarações em 2020 e recebeu até a parcial de terça-feira 7.388.181, 77,76% do total esperado.

Mato Grosso do Sul

Até a manhã de ontem, haviam sido entregues em Mato Grosso do Sul 317.851 declarações. São esperadas cerca de 450 mil prestações de contas no estado.

País

No Brasil, até a manhã de terça-feira eram 22.272.608 declarações recebidas nos sistemas da Receita Federal, sendo que o órgão espera aproximadamente 32 milhões de declarações neste ano.

Quem deve declarar

O Imposto de Renda deve ser declarado obrigatoriamente por quem recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano passado, o equivalente a R$ 2.196,90 por mês, incluído o décimo terceiro.

Também precisam declarar os contribuintes que tiveram rendimentos não-tributáveis acima e R$ 40 mil; trabalhadores do campo que tiveram rendimento anual bruto superior a R$ 142.798,50; investiram qualquer quantia em bolsa de valores, mercado de capitais ou similares; proprietários de imóvel ou terreno com valor superior a R$ 300 mil; ou que optaram pela isenção de imposto de renda sobre o valor da venda de imóveis, desde que tal valor tenha sido utilizado para a compra de outro imóvel em território nacional no prazo de 180 dias.

Como declarar

O programa gerador da declaração está disponível no site da Receita Federal, receita.fazenga.gov.br. Quem optar por dispositivos móveis, como tablets ou smartphones, pode baixar o aplicativo Meu Imposto de Renda nas lojas Google Play, para o sistema operacional Android, e na App Store, para o sistema operacional iOS.

Multa

A multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo será correspondente a 20% do imposto devido.

Quanto mais rápido a declaração for enviada, mais rápido será o processamento e uma eventual restituição.


Compartilhe esta notícia!