Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – BRASÍLIA

Ver o movimento dos carros, dos turistas registrando imagens de monumentos, das pessoas atravessando as ruas e pedalando são imagens que ficaram guardadas na memória de quem gosta de visitar destinos turísticos. Com a pandemia, essa movimentação toda precisou ser pausada e sites elaboraram formas de levar à população algumas formas de viajar sem precisar sair de casa.
É o caso do Drive & Listen, plataforma digital que oferece aos internautas a chance de visitar “em tempo real” cidades icônicas do mundo, e com as música que tocam por todo o planeta. E o Brasil não ficou de fora. Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Curitiba (PR) são as capitais disponíveis que oferecem ao visitante a possibilidade percorrer as ruas como se estivesse dentro de um carro. A ferramenta dá ao turista a sensação de estar de fato conhecendo o destino. Vale destacar que as imagens foram gravadas antes do início do isolamento social.
Durante a “viagem” é possível ainda ouvir a rádio local, o barulho das ruas e acelerar a velocidade do carro. “Acabei de visitar Curitiba ouvindo Djavan!” contou a gestora de recursos humanos de Brasília (DF), Joselice Moura. A profissional não conhece a capital paranaense, mas sempre teve vontade principalmente após conviver com uma amiga que é apaixonada pelo destino. “Já visitei São Paulo, então prefiro conhecer algo novo depois da pandemia. Através do site, fiquei com ainda mais vontade de viajar pra lá (Curitiba) e ver ao vivo o Jardim Botânico que parece ser lindo”, disse.

SELO TURISMO RESPONSÁVEL
O selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro” foi criado para estipular protocolos sanitários específicos para a proteção de turistas e funcionários contra a Covid 19. O trabalho do Ministério do Turismo em parceria com o trade e a Anvisa possibilitou a elaboração de orientações de limpeza e higiene para quinze segmentos turísticos. Este é um movimento importante para a retomada da atividade no Brasil e com o selo, o turista se sentirá mais seguro em relação aos protocolos sanitários durante a sua viagem.
Para aderir ao selo, a única exigência é estar regularizado no Cadastur, o cadastro de prestadores de serviços turísticos do Ministério do Turismo.

 


Compartilhe esta notícia!