Compartilhe esta notícia!

ANTÔNIO CRISPIM – SANTÓPOLIS DO AGUAPEÍ

Os prefeitos de Santópolis do Aguapeí, Haroldo Alves Pio, o Loi (PV), de Iacri, Carlos Alberto Freire, o Carlinhos (PSDB) e de Rinópolis, José Ferreira de Oliveira Neto, o Neto (PV), se reuniram nessa semana para discutir o atraso no início da obra da ponte sobre o Rio Aguapeí na Rodovia Assis Chateaubriand, que está interditada desde o dia 10 de setembro do ano passado. A interdição da ponte impactou diretamente as três cidades. O encontro foi em Santópolis do Aguapeí. O empresário José Carlos Prata, do Posto Moinho, também participou do encontro.

As propostas da concorrência pública foram abertas no dia 16 de dezembro, mas devido aos muitos recursos apresentados, a licitação só foi concluída na segunda quinzena de abril. No entanto, devido à pandemia do novo coronavírus, o governo estadual determinou a revisão de todos os investimentos e até agora não foi emitida a ordem de serviço para início da obra.

Os prefeitos das três cidades e o empresário se reuniram exatamente para cobrar do governo, por meio de deputados, a autorização para início dos trabalhos. “A informação que tivemos é de que o governo vai autorizar a obra agora no início de junho. Portanto, a expectativa é de que até meados do mês a empresa que ganhou a concorrência já inicie os trabalhos”, disse José Carlos Prata, que foi um dos mais atingidos pela interdição da ponte.


Compartilhe esta notícia!